15/07/2016 14h58 - Atualizado em 16/07/2016 15h18

Renan Calheiros desafia Brasil e Lava Jato em discurso

O presidente do Senado disse que o plenário votará, sim, ao projeto de “abuso de autoridade” em agosto.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O senador Renan Calheiros(PMDB), investigado pela operação Lava Jato e alvo de inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) declarou, em discurso que durou mais de 16 minutos, nesta sexta-feira(15) uma série de absurdos, entre eles, o presidente do Senado desafiou o Brasil e a Lava Jato ao dizer que o plenário votará, sim, ao projeto de “abuso de autoridade” na segunda semana de agosto.

De sorrisinho no rosto, Calheiros, afirma que a proposta está “amadurecida e pronta para ser votada”. O projeto em questão, que define condutas e penas para quem cometer crime de abuso de autoridade, foi encaminhado direto para uma comissão especial, criada estrategicamente para acelerar o trâmite dele.

O momento em que o projeto de Renan foi protocolado, quando a Operação Lava Jato chega à cúpula da elite política e econômica do país, despertou desconfiança. Renan é alvo de oito inquéritos que tramitam no STF relativos à Lava Jato. Jucá, presidente da comissão especial que analisa o texto, é alvo de dois inquéritos relativos à operação e foi gravado, pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, defendendo um “grande pacto” para “estancar” a Lava Jato. Ambos negam que o texto tenha como objetivo interferir na operação.

Fonte: Redação AM POST

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505