10/07/2016 12h24 - Atualizado em 11/07/2016 07h57

Temer estuda privatizar aeroportos em São Paulo e Rio

A privatização seria uma alternativa do governo para diminuir o rombo nas contas públicas, que chegará a R$ 139 bilhões em 2017.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O governo estuda privatizar os aeroportos de Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ), de acordo com o presidente em exercício Michel Temer (PMSD), em entrevista publicada neste domingo (10) pela Folha.

Embora a ideia não tenha recebido apoio durante o governo da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), Temer ressaltou que não vê, agora, resistência na área econômica. “Também não há de minha parte”, disse.

A privatização dos aeroportos – que têm a rota mais movimentada do país – seria uma alternativa do governo para diminuir o rombo nas contas públicas, que chegará a R$ 139 bilhões em 2017. “O meu desejo é que não aumente, mas, se houver absoluta nbecessidade, não tem o que fazer”, disse Temer à Folha.

A reportagem destaca ainda que há dois modelos em discussão sobre o futuro de Congonhas e Santos Dumont – a venda de controle, o que coloca a Infraero como sócia minoritária; e uma gestão privada dos aeroportos, mas com controle nas mãos da estatal. Nesse último caso, a Infraero teria 51% do capital, mas seriam abertas empresas para gerir os aeroportos.

Fonte: Exame.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505