09/08/2016 15h54 - Atualizado em 9/08/2016 15h54

Artistas e manifestantes fazem ato contra corrupção e a favor do juiz Sérgio Moro

Susana Vieira, Victor Fasano, Luana Piovani, Lucinha Lins, Fagner e Jorge Pontual também apoiam o projeto das 10 Medidas Contra a Corrupção.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Um ato de apoio ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, ocorreu na tarde desta segunda-feira (8) em frente à Justiça Federal de Curitiba. Artistas estavam entre os manifestantes. As atrizes Susana Vieira e Luana Piovani, o ator Victor Fasano e o cantor Fagner, que já escreveu uma música em homenagem a Moro, participaram do ato.

“Nós estamos defendendo ele [Sérgio Moro]. Então, meu amor, se ninguém sabe, nós estamos defendendo a integridade dele. A nossa cara tá junto do Moro. Eu acho que é isso. E a nossa grande preocupação é que as coisas mudem”, disse Susana Vieira. Escute o que falou a atriz Susana Viera no vídeo abaixo. Antes do protesto, os artistas almoçaram com o juiz.

Além de respaldar a Operação Lava Jato, o protesto apoiou o pacote de 10 medidas de combate à corrupção propostas pelo Ministério Público Federal (MPF). Mais de duas milhões de pessoas assinaram o abaixo-assinado, que foi entregue por representantes do MPF ao Congresso Nacional, em março.

Os manifestantes também se posicionaram contra o projeto que altera a lei de abuso de autoridade. O projeto de lei do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente do Senado, já foi criticado por Sérgio Moro.

Em ato realizado no fim de julho em frente à Justiça Federal, na capital paranaense, Moro afirmou que investigações da polícia e do Ministério Público podem ser prejudicadas com a aprovação da medida. “Se esse projeto for aprovado, haverá um efetivo risco às investigações. E eu não digo aqui sobre a Operação Lava Jato, porque isso transcende em muito a Operação Lava Jato. Isso diz respeito à independência da magistratura, isso é válido para toda e qualquer investigação, presente ou futura”, disse, à época.

Veja o vídeo:

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505