28/08/2016 16h33 - Atualizado em 28/08/2016 16h33

Ciclovia de 17 km no Corredor do Mindu é compromisso de Marcelo Ramos

O anúncio foi feito pelo candidato ao participar do V Fórum de Bicicletas, organizado pelo grupo de ciclistas Pedala Manaus.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A construção do Corredor Ecológico do Mindu, ligando o Jorge Teixeira ao Parque dos Bilhares, é uma das obras prioritárias na área de mobilidade urbana no Plano de Governo de Marcelo Ramos, candidato a prefeito de Manaus pela coligação “Mudança para Transformar”. O anúncio foi feito pelo candidato ao participar do V Fórum de Bicicletas, organizado pelo grupo de ciclistas Pedala Manaus, no Parque dos Bilhares, na noite de sexta-feira.

A obra do corredor, segundo Marcelo Ramos, já tem recursos na conta da Prefeitura para ser executada, mas que por ineficiência da administração não sai do papel. Marcelo garante que dará prioridade à construção do que ele chama de Via Parque (Parque Linear do Mindu), com 17 km, que será a primeira via transversal da cidade margeando o igarapé do Mindu da sua nascente até o Parque dos Bilhares, na Constantino Nery. “Ao logo do corredor, teremos áreas de entretenimento e bicicletários para facilitar a interligação com os demais meios de transportes”, explicou Marcelo.

O candidato falou de suas propostas para o modal na cidade, que passam pela viabilização da obra do Corredor Ecológico do Mindu, que desde 2007 não saiu do papel.

O candidato detalhou também da prioridade que dará ao transporte coletivo, com a implantação do Sistema Inteligente de Mobilidade que propõe medidas para diminuir os engarrafamentos e aumentar a velocidade média do transporte coletivo, agregando modernidade ao sistema.

Uma delas é o georreferenciamento dos pontos de ônibus, que, com os GPS já existentes no modal, poderão informar ao usuário a que horas o seu ônibus deverá chegar ao ponto. “O SIM vai poder disponibilizar a tecnologia a favor da população que utiliza o transporte coletivo. Vai funcionar como funciona o waze (aplicativo de georreferenciamento de trânsito) hoje. O cidadão vai poder saber quanto tempo o ônibus vai passar na parada dele é quanto tempo ele vai levar para chegar ao seu destino final”, explica Marcelo Ramos.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505