04/08/2016 12h17 - Atualizado em 4/08/2016 12h24

Facebook inaugura laboratório de hardware onde nem Zuckerberg pode entrar

O Facebook quer ser mais do que uma empresa por trás de aplicativos e páginas da internet, ele quer ser também uma fabricante de hardware.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Facebook quer ser mais do que uma empresa por trás de aplicativos e páginas da internet para ser reconhecido também como uma fabricante de hardware. Pensando nisso, a companhia inaugurou nesta semana um laboratório especializado na construção de novos dispositivos dentro da sua sede nos EUA.

Trata-se da Área 404, uma referência ao famoso erro de HTTP que reporta “página não encontrada” no navegador. Até hoje, o Facebook focou seus investimentos em hardware em poucos projetos, como o drone de internet Aquila, câmeras de 360 graus para realidade virtual e uma rede de internet pública de alta velocidade (apenas um protótipo, na verdade).

A Área 404 ocupa um espaço de mais de 2 mil metros quadrados e é dividida em diferentes salões. Em um dos mais protegidos, chamado de “Como as coisas são feitas”, apenas 10 funcionários do Facebook podem entrar usando um cartão de acesso exclusivo. Por questões de segurança, nem mesmo o fundador e presidente da empresa, Mark Zuckerberg, pode entrar.

A principal “atração” da sala de segurança máxima é um cortador a jato d’água usado para delinear e recortar os mais diversos materiais, incluindo placas de metal. A máquina dispara um fino jato de água a 60.000 PSI, um nível de pressão tão alto que pode perfurar aço, alumínio, madeira, vidro e diversos outros materiais.

Com essa máquina, que pesa mais de 30 toneladas, os engenheiros do Facebook podem produzir os cases de armazenamento dos seus servidores, por exemplo, em vez de fazer o pedido com uma empresa externa. Um processo que antes durava meses, agora deve durar apenas dias. A maioria das salas da Área 404, aliás, é repleta de ferramentas e maquinário para produzir o hardware que será usado pelo próprio Facebook, e não para produtos a serem vendidos no mercado.

O espaço conta ainda com equipamentos de serralheria e diversas impressoras 3D. Funcionários também podem aproveitar a Área 404 para desenhar e produzir objetos pessoais, como porta-trecos ou outros projetos particulares em seu tempo livre. O Facebook destaca também que a ideia por trás da Area 404 é fabricar apenas protótipos, e não iniciar a produção em massa do que quer que seja. Essa etapa ainda será delegada a uma fábrica contratada.

Fonte: Olhar Digital

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505