12/08/2016 07h54 - Atualizado em 12/08/2016 09h57

Faltando 25 dias para Brasil X Colômbia, na Arena da Amazônia, 20 mil ingressos já foram vendidos e a expectativa é de casa cheia

Com 43 mil ingressos disponíveis, um total de 20 mil torcedores já garantiram a ida às eliminatórias na Arena da Amazônia.
Foto: Alfredo Fernandes/Secom
Foto: Alfredo Fernandes/Secom

Após a participação de Manaus nas Olimpíadas Rio 2016, a Arena da Amazônia se prepara para receber outra grande competição: as eliminatórias da Copa do Mundo 2018, na Rússia. E, faltando 25 dias para a disputa entre Brasil e Colômbia, no dia 6 de setembro, representantes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), órgãos de segurança pública, e o titular da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Fabricio Lima, estiveram em reunião na manhã desta quinta-feira, dia 11, e falaram sobre o jogo que vai trazer para Manaus os grandes craques do futebol mundial.

“Neste segundo semestre serão 18 pontos disputados e essa arrancada começa em Manaus. O Brasil joga em Quito, no Equador, e depois vem para Manaus. É a estreia do Tite jogando dentro de casa, no Brasil”, avisou o diretor de competições da CBF, Manoel Flores, acreditando que Manaus vai ser importante para que a Seleção possa sair da sexta colocação.

De acordo com o dirigente da entidade máxima do futebol brasileiro, a paixão do torcedor amazonense pelo esporte foi crucial para a capital do Amazonas ser escolhida como sede das eliminatórias. “Se pergunta muito porque essa partida veio para Manaus. Há uma disputa natural para levar os jogos da seleção brasileira, ainda mais de eliminatórias para jogar em casa. São noves jogos em casa e temos 26 estados e o Distrito Federal. Fazemos questão de frisar o apoio que a torcida amazonense deu nos dois amistosos da seleção olímpica no ano passado. Os dois maiores públicos na preparação olímpica foi justamente aqui. E como não poderia deixar de ser, tem o exemplo das Olimpíadas no apoio dado ao futebol feminino. Também destacamos o apoio do Governo do Amazonas e parceiros”, explicou Flores.

20 mil ingressos vendidos
Com 43 mil ingressos disponíveis, um total de 20 mil torcedores já garantiram a ida às eliminatórias na Arena da Amazônia. Próximo de atingir a metade dos ingressos vendidos, Manoel Flores orientou os torcedores que adquiriram o bilhete pela internet ou que irão realizar a troca pelo valor ajustado – após decisão do Ministério Público em diminuir 5% o valor do ticket superior – a acelerarem o processo, garantido conforto e comodidade.

“Temos 20 mil ingressos vendidos. Ainda restam pouco mais de seis mil ingressos para serem trocados com desconto e a expectativa é de casa cheia. Serão 43 mil ingressos disponíveis. A troca acontece até o dia do jogo, porém solicitamos que o torcedor não deixe para cima da hora”, alertou.

Semana da Seleção em Manaus
A chegada da Seleção Brasileira dos comandados do técnico Tite está prevista para as primeiras horas do dia 2 de setembro. Com um treino aberto para o público, Manoel também revelou que a CBF estuda realizar atividades sociais durante a estadia da equipe pentacampeã em Manaus. “Teremos um treino aberto para o torcedor, que poderá assistir o mesmo mediante a troca de alimentos não perecíveis. Ainda não sabemos a data e o local. Tudo vai ser bem estudado. Estudamos também realizar uma semana de atividades da seleção em Manaus, pois desenvolvemos o trabalho da CBF social. Essa atividade será divulgada muito em breve e tenho certeza que a população vai comparecer em peso”, declarou.

Legado financeiro para o esporte local
A vinda da seleção brasileira a Manaus, depois de 13 anos longe do Amazonas, não vai servir somente para o torcedor matar saudade. Ao final da partida, 7% da renda arrecadada será destinada ao Fundo Estadual de Esporte e Lazer (Feel), que possibilita o investimento no esporte local. “A CBF nos dá 7%, que vai para o fundo do esporte, e com esse recurso conseguimos ajudar também o campeonato Amazonense no segundo semestre. É uma oportunidade que a CBF está nos dando, não só em trazer o jogo para cá e movimentando economicamente o Estado, como em deixar esse recurso aqui. Isso ajuda o futebol amazonense e o esporte local se fortalece”, afirmou o titular da Sejel, Fabricio Lima.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505