19/08/2016 10h27 - Atualizado em 19/08/2016 10h28

Jornalista britânica pega malária e corre risco de morrer no Brasil

De acordo com jornais britânicos, a jornalista está em coma, e o estado dela é grave.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Escalada para ser embaixadora e apresentadora de televisão da equipem da Grã-Bretanha na Olimpíada Rio2016, a jornalista Charlie Webster, 33, está internada em um hospital do Rio de Janeiro por conta de um quadro de malária.

A jornalista veio ao Brasil como parte da iniciativa “Ride to Rio” — uma travessia de bicicleta de cinco mil quilômetros, feita em 40 dias, entre a capital inglesa e o Rio de Janeiro para recolher fundos destinados a uma campanha de caridade.

De acordo com o “Uol”, Charlie está em estado grave com complicações causadas por uma infecção parasitaria. A internação foi confirmada pela assessoria da equipe no Rio-2016.

Quinta-feira à tarde, a Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres ofereceu ajuda à equipe que está cuidando de Charlie. De acordo com jornais britânicos, a jornalista está em coma, e o estado dela é grave.

Segundo o Ministério da Saúde, houve 143.122 casos de malária no país, em 2015, dos quais 37 resultaram em mortes. Quase todas as notificações foram na Região Amazônica, que concentra 99% das ocorrências. Mas, segundo o ministério, o risco em outras áreas do país não deve ser descartado já que, no ano passado, houve 518 casos da doença em outros estados. Só no Rio, foram 54 registros.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505