04/08/2016 13h52 - Atualizado em 4/08/2016 13h54

Ministério Público de Contas fiscalizará contratos da Manauscult para realização do Live Site durante jogos olímpicos, em Manaus

Os contratos foram publicados no Diário Oficial do Município (DOM).
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Ministério Público de Contas do Amazonas (MPC-AM) irá fiscalizar os contratos firmados pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) para realização do Live Site, em Manaus.

Dentre eles está o firmado no dia 28 de julho com a empresa Z de P R Neves EPP, no valor de R$ 4,7 milhões, para produção, realização e operacionalização do Live Site, além dos firmados com as empresas Barra Som Sistemas de Áudio Ltda, no valor de R$ 340 mil; Angelus Locações Ltda, no valor de R$ 800 mil; RM Froz Locações Eireli EPP, no valor de R$ 403,5 mil; e Ecoart Estrutura e Produções Ltda, no valor de R$ 480 mil.

“Na titularidade da 1ª Procuradoria de Contas, responsável pela fiscalização da aplicação dos recursos da Manauscult, fiz um requerimento formal questionando o titular da Manauscult a respeito dos custos para realização dos eventos artísticos e culturais durante os jogos olímpicos, em Manaus. Ele disse que todos os custos seriam pagos pela iniciativa privada. Agora, fomos surpreendidos com os termos de contratos publicados no Diário Oficial do Município com gastos para a realização dos eventos e iremos averiguar”, disse o procurador-geral do MPC-AM, Carlos Almeida.

Os contratos foram publicados no Diário Oficial do Município (DOM) no período de 28 de julho a 02 de Agosto deste ano e tem vigência de um mês.

Segundo o procurador, os contratos serão analisados minuciosamente pelo MPC-AM que pedirá, ainda, informações a respeito dos pagamentos à Prefeitura de Manaus via Manauscult.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505