26/08/2016 08h19 - Atualizado em 26/08/2016 15h54

Ministro do Trabalho promete ajudar projeto que leva serviços do Sine para o interior do Amazonas

Ronaldo Nogueira ficou sensibilizado com as dificuldades enfrentadas pelos moradores da região e prometeu barcos para que o projeto já tenha início no ano que vem.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A descentralização dos serviços oferecidos pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine) para o interior do Estado do Amazonas, por meio de uma nova estrutura de locomoção até os municípios. Este foi o projeto apresentado pelo secretário de Estado do Trabalho (Setrab), Hisashi Toyoda, ao ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, durante reunião esta semana, em Brasília. A ideia, segundo o secretário, era conseguir o apoio do ministério para viabilizar a aquisição de um ônibus e de um barco para a prestação de serviços itinerantes do Sine Amazonas.

De acordo com o secretário de Estado, o ministro ficou sensibilizado com as dificuldades enfrentadas pelos moradores da região e prometeu não apenas um barco, mas dois para que o projeto já tenha início no ano que vem. Ronaldo Nogueira também já solicitou uma programação anual dos barcos que levarão além dos serviços do Sine Amazonas, como retirada da carteira de trabalho, entrada no seguro desemprego e cadastro de emprego, políticas de proteção ao trabalhador, assim como de combate ao trabalho escravo e infantil. O ônibus irá funcionar da mesma forma, mas com alcance nos municípios da Região Metropolitana de Manaus. Atualmente os serviços do Sine Amazonas acontecem no posto central, localizado na Avenida Joaquim Nabuco, 878, e nos PAC do Alvorada, São José, Compensa, PAC Leste e Sumaúma, no shopping da Cidade Nova.

A secretária municipal do Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad), Ananda Carvalho, também participou da reunião com o ministro do Trabalho, em Brasília. Segundo o secretário Hisashi Toyoda, a intenção é estreitar parcerias para que o trabalhador do Estado possa ter mais acesso as políticas públicas do Governo do Estado, principalmente no que diz respeito à geração de emprego e renda. Dessa forma, ele destaca a importância da aquisição dos barcos e do ônibus para aproximar à população dos serviços de cidadania oferecidos pelo sistema. “Com isso, nós também iremos poder retomar o trabalho de cadastramento e retirada da Carteira Nacional do Artesão, por meio do Programa do Artesanato Amazonense, uma forma clara de sustentabilidade econômica de muitos moradores de comunidades distantes”, exemplificou o secretário da Setrab.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505