17/08/2016 08h22 - Atualizado em 17/08/2016 08h22

Planalto instaura comissão para apurar sumiço de joias da faixa presidencial

A procura pelas joias em ouro e diamantes que enfeitavam a faixa presidencial começou em julho.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Palácio do Planalto instaurou uma comissão de sindicância interna para apurar o sumiço de joias em ouro e diamantes que enfeitavam a faixa presidencial. Ela foi encontrada nos últimos dias após ter sido noticiado que o seu registro nos sistemas não informava a sua localização atual. As investigações vão durar 30 dias, prorrogáveis por mais 30.

A procura pelos objetos começou em julho, quando auditores do Tribunal de Contas da União (TCU) foram escalados para fazer um levantamento do acervo presidencial nos prédios da Presidência e registrar os deslocamentos dos patrimônios pelos prédios públicos durante os anos anteriores. A apuração sobre os bens corre em segredo de Justiça.

Quando os técnicos do TCU solicitaram acesso aos palácios do Planalto e da Alvorada, a Casa Civil da Presidência emitiu um parecer autorizando o trabalho de controle da localização dos bens.

Fonte: Agência Brasil

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505