30/08/2016 16h11 - Atualizado em 30/08/2016 16h11

Projeto capacita alunos da rede pública na área da gastronomia, hotelaria e serviço

O programa “Jovens Talentos: Serviços e Sabores” tem como objetivo oportunizar aos alunos uma formação técnica na área de gastronomia.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Trinta alunos da rede pública estadual de ensino foram selecionados para participar da segunda edição do programa “Jovens Talentos: Serviços e Sabores”, onde vão aprender técnicas na área da gastronomia, serviço e hotelaria. A aula inaugural foi realizada nesta teça-feira (30), no período da manhã e tarde, no Centro Gastronômico da Amazônia (Cegam), no Salão de Festas do Studio 5 Centro de Convenções, Distrito Industrial, na Zona Sul de Manaus.

O programa “Jovens Talentos: Serviços e Sabores” é uma iniciativa de responsabilidade social, um dos componentes fundamentais para o desenvolvimento sustentável, fruto de uma parceria entre a o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Rede Amazônica e Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC).

A aula inaugural contou com a participação do gerente do Ensino Médio, Antônio Menezes e a chef Maria do Céu, representando a Rede Amazônica.

“Esse projeto tem como objetivo oportunizar aos alunos uma formação técnica na área de gastronomia, serviço e hotelaria e não deixa de ser uma oportunidade do aluno desenvolver a sua habilidade e o seu talento para essa área que é tão importante para a nossa região, então os alunos são selecionados a partir de suas aptidões nessa área e sua identificação com a programação e com isso os alunos passam por essa formação, e no final eles têm uma grande perspectiva de seguir carreira nessa área. E como está na segunda edição, esse é um projeto de sucesso e a perspectiva é de ampliar o número de atendimento e oferecer outros cursos técnicos para os nossos estudantes do ensino médio”, disse o gerente do Ensino Médio, Antônio Menezes.

Projeto
A projeto Jovens Talentos tem como objetivo promover a capacitação profissional e empreendedora dos estudantes da rede pública estadual de ensino, direcionando-os para as áreas de gastronomia e serviços. Além disso, o programa tem também como finalidade a formação humana e cidadã dos alunos.

Durante o mês de julho foram realizadas palestras com algumas escolas das Coordenadorias Distritais de Educação 1 e 2, ministradas pela chef Maria do Céu Athayde.

Após a realização das palestras, os alunos preencheram fichas para saber se os estudantes tinham um perfil adequado para participarem do programa e a partir disso que foram selecionados, por meio de uma comissão entre a chef Maria do Céu e a Rede Amazônica.
Aproximadamente oito escolas da rede estadual de ensino participaram das palestras e tiveram seus alunos selecionados para o programa.

As instituições que participaram foram: o Colégio Amazonense Dom Pedro II, as escolas estaduais Frei Silvio Vagheggi, Professor Antenor Sarmento Pessoa e Francisco Albuquerque, todas pertencentes à Coordenadoria Distrital 1.

Da Coordenadoria Distrital 2 participaram: as escolas estaduais Tiradentes, Ondina de Paula Ribeiro, Natália Uchôa e Professora Diana Pinheiro.

Expectativa
Ricardo Miranda Costa, 16, estudante do 2º ano do Ensino Médio da escola estadual Natália Uchôa, disse que sua maior expectativa é expandir os conhecimentos que possui na área da culinária.

“A minha maior expectativa em relação à esse curso é que eu possa evoluir bastante os conhecimentos que eu possuo na área de culinária e espero conseguir o primeiro lugar também ao final dessa experiência. Eu gosto muito de cozinha e pretendo seguir carreira e focar na culinária regional para valorizar a nossa cultura”, disse o aluno.

Esteve presente na aula inaugural o aluno que mais se destacou na primeira edição do projeto, João Lucas dos Santos, 18, que ficou em primeiro lugar e foi premiado com uma viagem para o Hotel Escola Águas de São Pedro, em São Paulo.

“Participar desse curso foi uma experiência muito boa, porque eu enxergo como uma oportunidade única. Ter esse curso para que as pessoas que possuem interesse nessa área foi um incentivo muito grande, pois todos nós pudemos aprender mais sobre gastronomia e me sinto muito feliz por ter participado dessa turma. Só faltava a oportunidade pra conhecer a profissão e essa foi a chance. Por meio desse projeto eu aprendi mais, aprendi a trabalhar com erros e acertos, a conviver com pessoas diferentes e perdoar os erros dos outros”, disse o estudante que cursa o 3º do ensino médio. Ele enfatizou que participar do curso foi uma experiência ímpar e uma grande oportunidade de novos conhecimentos.

O aluno irá participar também de uma competição a nível nacional, que será realizada em Blumenau/SC e está sendo preparado para representar o Senac/AM. “Como eu me destaquei como melhor aqui, fui selecionado para participar de uma seletiva entre três alunos e consegui conquistar a vaga para poder representar o Senac/AM. Será uma competição a nível nacional com mais 11 Estados e quem se sair melhor participará de uma outra seletiva para outra competição chamada Worldskills, a nível internacional que será realizada no Marrocos”, disse.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505