24/08/2016 14h41 - Atualizado em 24/08/2016 14h41

Suspeito de estuprar menina de 11 anos e de praticar roubo na Zona Norte é preso em Manaus

O infrator foi preso em cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão existentes em nome dele.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um homem identificado como Eron Ferreira de Souza de 25 anos foi preso na manhã de terça-feira (23), suspeito de estuprar uma menina de 11 anos e investigado por dois roubos. Econ foi preso em uma ação conjunta entre a Delegacia Especializada em Proteção ã Criança e ao Adolescente (Depca) e da Delegacia Especializada em Capturas e Pelintre (Decp) na casa onde morava no bairro Flores, Zona Norte de Manaus.

De acordo a delegada Juliana Tuma, Eron foi interceptado por policiais civis da Depca ao longo de ação que contou com o apoio de servidores lotados na Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECP). O fato ocorreu na manhã de ontem, dia 23, por volta das 6h, na casa onde ele morava, situada na Rua Leopoldo Krichanã da Silva, na mesma área onde aconteceram os delitos. Na casa dele foram apreendidos aparelhos eletrônicos oriundos de roubos. Inclusive uma televisão levada da casa da vítima do delito cometido no dia 4 de julho.

Juliana Tuma ressaltou que o infrator foi preso em cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão existentes em nome dele. Os documentos foram expedidos no último sábado, dia 20, pela juíza do Plantão Criminal, Patrícia Chacon de Oliveira Loureiro.

Conforme a autoridade policial, no dia 4 de julho deste ano, uma garota de 11 anos estava na casa dela, acompanhada de dois irmãos, sendo um de nove e outro de 13 anos. Eron, que já estaria observando os moradores daquela residência há alguns dias, foi até o local e perguntou se os pais da criança estavam lá. Ao saber que os responsáveis não estavam no imóvel, o infrator entrou na casa e, armado com uma faca, anunciou o roubo.

“Eron perguntou onde estavam os objetos de valor da casa, como joias e aparelhos eletrônicos. Em seguida ele trancou os meninos no banheiro e levou a menina para o quarto, onde a estuprou violentamente. Após o ato criminoso, ele ameaçou as vítimas de morte, argumentando que caso elas contassem a alguém o que havia acontecido, ele iria matá-las. Ele deixou o lugar carregando a televisão da família”, disse Juliana Tuma.

A titular da Depca afirmou que no dia 15 de julho outro caso similar ocorreu naquela mesma comunidade e foi registrado na Depca. Dessa vez, uma adolescente de 14 anos foi estuprada. O autor, ao ver que não havia objetos de valor no lugar, trancou o irmão da vítima em um cômodo, um adolescente de 12 anos, e depois a violentou.

“Eron sempre age da mesma forma. Durante um mês de investigações descobrimos que ele estudava a rotina da família, para saber se as crianças ficavam sozinhas em algum horário do dia e aparecia nesses lugares com a desculpa de oferecer algum tipo de serviço. Quando tinha a confirmação de que os responsáveis não estavam em casa, ele anunciava o roubo e estuprava a menina que estivesse no local”, explicou Tuma.

Por meio de imagens do circuito interno de segurança de um imóvel vizinho, a equipe de investigação da Depca conseguiu identificar o infrator. Posteriormente, as vítimas reconheceram o jovem. “É importante a divulgação das imagens de Eron para que outras vítimas possam identifica-lo e formalizarem a ocorrência. Mesmo negando a autoria dos dois crimes, ele já respondia na Justiça por um roubo seguido de estupro, um roubo, dois furtos e posse de entorpecentes”, concluiu a titular da Depca.

O ex-presidiário já havia cumprido pena de cinco anos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) por roubo cometido em 2013 e estava em liberdade há cerca de quatro meses. Dessa vez ele foi indiciado por estupro de vulnerável e roubo. Ao término dos procedimentos cabíveis na delegacia o infrator será conduzido à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505