19/09/2016 07h43 - Atualizado em 19/09/2016 12h15

Ação pela vida leva informações sobre prevenção ao suicídio à população na praia da Ponta Negra

A ação contou com a participação de profissionais de psiquiatria e psicologia, estudantes da área, defensores e defensoras públicas.
Foto: Divulgação/DPE-AM
Foto: Divulgação/DPE-AM

Uma ação pela valorização da vida mobilizou profissionais de psiquiatria e psicologia, estudantes da área, defensores e defensoras públicas e toda a equipe da área Psicossocial da Defensoria Pública do Amazonas (DPE-AM), no domingo (18), no calçadão da praia da Ponta Negra, zona oeste de Manaus. A ação faz parte da programação do Setembro Amarelo, campanha de prevenção ao suicídio realizada pela Associação Amazonense de Psiquiatria (AAP), em parceria com a DPE-AM, Conselho Federal de Medicina e Associação Brasileira de Psiquiatria.

Durante a ação, os frequentadores da área receberam panfletos com orientações sobre meios de identificar comportamentos em que há risco de suicídio e também informações de psicólogos e psiquiatras sobre principais causas do suicídio e formas de prevenção dessas causas. De acordo com o presidente da AAP, Cléber Naief, mais de 90% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais, entre os principais a depressão e aqueles associados ao uso de álcool e outras drogas.

De acordo com o defensor público Ricardo Trindade, coordenador da campanha pela DPE-AM, a instituição decidiu apoiar o Setembro Amarelo por se tratar de uma questão de saúde pública. “A Defensoria tem um núcleo dedicado às questões de saúde, voltada à assistência jurídica para assegurar o acesso à saúde a pacientes carentes que necessitam de internação, remédios ou tratamentos e que, por alguma razão, não estejam sendo atendidos pelo Estado”, afirmou Trindade, ao destacar que a campanha também é realizada com o objetivo de quebrar o tabu em torno do suicídio, buscando discutir o tema e incentivar a prevenção.

Durante a ação na Ponta Negra, a equipe da área Psicossocial realizou atendimentos de pessoas que pediram orientação sobre como buscar auxílio para casos de transtornos mentais. Os atendimentos foram realizados no ônibus da DPE-AM, que é utilizado em ações itinerantes da instituição.

As ações da campanha tiveram início em Manaus no último 10 de setembro, Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, data estabelecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para marcar a necessidade de prevenção a esse mal que afeta milhares de pessoas. No Brasil, a estimativa é que ocorram cerca de 11 mil suicídios por ano.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505