26/09/2016 11h26 - Atualizado em 26/09/2016 11h26

Amazonas fatura 12 medalhas pelos Jogos Escolares da Juventude e expectativa é conquistar ainda mais

A competição acontece em João Pessoa, Paraíba. A delegação amazonense é composta por 163 atletas.
Foto: Mauro Neto/Sejel
Foto: Mauro Neto/Sejel

O Amazonas vem garantindo bons resultados pelos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), que iniciou na última terça-feira, dia 20, e segue até 30 de setembro, em João Pessoa, na Paraíba. Até o momento, os representantes da “terrinha baré” faturaram 12 medalhas, sendo quatro de ouro, quatro bronze e quatro de prata pelas modalidades individuais. A delegação amazonense é composta por 163 atletas e para ir à competição todos receberam apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Layane Miranda, de 13 anos, foi a primeira atleta do estado a medalhar. A estudante do Colégio Militar da Polícia Militar (CMPM) IV Áurea Pinheiro Braga, da Zona Leste, ganhou ouro após se destacar na categoria médio pela Luta Olímpica. O Judô arrastou um bronze com Heloysa Oliveira, 13, e ouro com a Samanta Santos, 13. No badminton, os alunos-atletas trouxeram seis medalhas, sendo uma de ouro, duas de prata e três de bronze.

A Luta Olímpica por sua vez ganhou prata com Ryan Souza, 13, e ouro com Helisson Bresson,14, além de conquistar a prata por equipes.

Ryan faz parte há um ano e meio no projeto social do Colégio da Policia Militar CMPM IV do Grande Vitória e tem como mestre Waldeci Luta. O atleta é treinado por Helisson Anderson Alves e é oriundo do Projeto social Amazonas Clube da Luta (ACL), da Cidade Nova.

“Todos da Luta Olímpica foram pela primeira vez aos Jogos. São marinheiros de primeira viagem e o desempenho foi muito bom, dentro do esperado, por tudo que eles estavam treinando e pelo nervosismo da estreia. O Helisson é o mais experiente, treina há sete anos e é super talentoso, uma jovem promessa do Amazonas. A Confederação, inclusive, quer fazer um investimento nele”, contou Waldeci.

Badminton

No badminton, o Amazonas garantiu o pódio em quatro categorias. A medalha dourada ficou com o Vitor Nascimento, do CETI Elisa Bessa Freira (AM), que derrotou Mayke Yuri Souza, da Escola Municipal de Educação Fundamental Professor Alcebiades Melo (SE), por 2 sets a 1, com parciais de 21/19, 19/21 e 21/15, no simples masculino. O bronze também ficou com o amazonense, Lucas Emanuel. Victor e Lucas também conquistaram a medalha de bronze na modalidade de duplas.

Na final de simples da segunda divisão, a amazonense Barbara Rodrigues de Sousa, do CETI Elisa Bessa Freire (AM), não conseguiu derrotar a potiguar Isabel Crystine Azevedo, da Facex (RN), e ficou com a medalha de prata. A aluna-atleta Rebeca Vitória arrastou o bronze para o Amazonas.

Já na final de duplas da segunda divisão, as sergipanas Kailane Leticia e Samara dos Santos derrotaram Barbara de Sousa e Rebeca Victoria dos Santos por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 11/21, 23/21 e 21/19, em partida emocionante.

Números expressivos

No total, uma média de quatro mil jovens de todo o Brasil participam do maior evento esportivo estudantil do País, com a disputa de 13 modalidades, sendo: atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, lutas, natação, tênis de mesa, xadrez, basquete, futsal, handebol e vôlei.

Dos 163 atletas do Amazonas, 86 deles disputam as modalidades individuais, que ocorrem na primeira semana de competição e o restante vai encarar a por equipes, que acontece nos últimos dias.

Presenças olímpicas

Para inspirar os jovens talentos do esporte nacional, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) selecionou dez atletas olímpicos ou pan-americanos para atuarem como Embaixadores dos Jogos Escolares da Juventude João Pessoa 2016. A função dos Embaixadores é levar o exemplo positivo da prática esportiva para os jovens participantes, através do contato direto, palestras e atividades educativas. Na manhã desta quinta-feira, dia 22, Laís Nunes, atleta da luta que integrou o Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, acompanhou as disputas da garotada.

Além de Laís, os atletas escalados como embaixadores para João Pessoa são: Vanderlei Cordeiro (atletismo), que acendeu a Pira Olímpica nos Jogos Olímpicos Rio 2016, Daniel Paiola (badminton), Helen Luz (basquete), Angélica Kvieczynski (ginástica rítmica), Fabiana Diniz, a Dara (handebol), Sarah Menezes (judô), Matheus Santana (natação), Ligia Silva (tênis de mesa) e Helia Fofão (vôlei).

Os atletas da modalidade individual começam a desembarcar no Aeroporto Eduardo Gomes na noite deste domingo, dia 25.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505