12/09/2016 16h51 - Atualizado em 12/09/2016 16h51

Amazonense Alex Martins fatura Mundial Máster de Jiu-Jítsu nos Estados Unidos

Martins mostrou um ótimo preparo físico e um alto nível técnico para faturar o título na categoria médio Máster 2.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Radicado nos Estados Unidos há quatro anos, o lutador Alex Martins, de 36 anos, colhe os frutos na “Terra do Tio Sam”. No final de agosto, ele conquistou o Campeonato Mundial Máster de Jiu-Jítsu 2016, em Las Vegas. Único manauara no topo do pódio no grandioso evento organizado pela International Brazilian Jiu-Jítsu Federation (IBJJF), Martins mostrou um ótimo preparo físico e um alto nível técnico para faturar o título na categoria médio Máster 2.

O atleta revelado pelos mestres amazonenses Júnior Cardoso e Faustino Pina “passou o carro” por cinco adversários no Mundial. Primeiro, ganhou do japonês Kinny Kim por finalização nas costas. Depois, venceu Leandro Silvestre por 2 a 0. Na sequência, venceu uma batalha duríssima contra Regis Lebres (Gracie Humaitá) por 5 a 0. Na semifinal, Alex bateu Denis Pinto Cyborg por 2 a 0. A consagração veio após a vitória sobre Adriano Silva por finalização com um estrangulamento na guarda.

“Foram cinco lutas duríssimas contra os melhores do mundo e tive que usar a estratégia correta de sair na frente e pontuar primeiro em todas as lutas. Estou muito feliz com meu desempenho nesse Mundial, muitas pessoas não sabem, mas além de professor e cuidar dos meus negócios, venho me dedicando e treinando há anos para essa competição. Só tenho a agradecer a Deus, a minha equipe AMBJJ/Alex Martins Brazilian Jiu-Jítsu/Clube Pina/JC”, comentou o atleta.

Vida fora do Brasil
Alex Martins mora em Dallas, no Texas, há quatro anos. Nesse período, já conquistou muitos outros títulos, como em competições nacionais no Texas (tetracampeão), Austin e San Antonio (tricampeão), Califórnia (bicampeão) e Dallas (campeão). O amazonense também tem títulos internacionais na bagagem, como o Nova York Open e Las Vegas Open (campeão), Super Fights (tetracampeão) e vice-campeão pan-americano duas vezes.

Com mais uma conquista acumulada, Martins conta as horas para visitar a família em Manaus no mês de outubro. Ele também adianta que pretende levar talentos do Amazonas para uma temporada nos Estados Unidos.

“Em outubro estarei em Manaus para rever a família, amigos e companheiros de treinos de equipe do Clube Pina e do Júnior Cardoso. E, claro, vou ver as possibilidades de trazer duas revelações manauaras para os Estados Unidos”, concluiu o campeão mundial.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505