21/09/2016 13h43 - Atualizado em 22/09/2016 07h08

Eleitores exigentes desafiam candidatos na eleição municipal

Sucessão de escândalos torna ainda mais difícil a briga por votos.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Com eleitores mais exigentes, mais conectados e principalmente mais desconfiados sobre as reais intenções dos políticos brasileiros as eleições municipais de 2016 são um verdadeiro desafio para os candidatos a prefeito e vereador que disputam a “tapas” o voto dos 144 milhões de eleitores que irão às urnas em outubro.

A descrença geral é provocada pela sucessão de escândalos e isso em Manaus está muito latente nas ruas e principalmente nas redes sociais com a criação de páginas como “O poder do voto” que foi feita com o intuito de reduzir o salário e benefícios dos vereadores da capital amazonense tendo em vista que a Câmara Municipal de Manaus (CMM) é uma das Casas Legislativas das capitais brasileiras mais caras com uma folha de pagamento de pessoal que custa R$ 100 milhões, segundo dados da Frente Nacional de Prefeitos (FNP).

Os internautas amazonenses insatisfeitos também criaram um evento para o dia 2 de outubro no Facebook chamado “Operação não reeleja nenhum vereador de Manaus” com mais 4 mil compartilhamentos onde pedem exatamente o que o título sugere com a esperança de que os novos candidatos façam a diferença.

Essa posição de protagonismo que os eleitores estão assumindo está obrigando os políticos a seguir o caminho contrário ao percorrido em eleições anteriores. Se na disputa municipal de 2012 o foco das discussões estava concentrado no plano nacional, com candidatos buscando alinhar propostas à conveniência momentânea de ser aliado ou opositor do governo federal, desta vez só deverá ter êxito quem apresentar soluções aos problemas vivenciados no dia a dia de cada cidade.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505