06/09/2016 10h13 - Atualizado em 6/09/2016 10h13

Exibição de animais silvestres em desfile é extinta por Procuradoria de Justiça Militar

Pedido é resultado de Inquérito Civil que apurou morte da onça Juma.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Por determinação da Procuradoria de Justiça Militar em Manaus, o Exército Brasileiro não poderá exibir qualquer tipo de animal silvestre durante o tradicional desfile de 7 de Setembro. A partir de hoje, a exibição de animais está proibida em desfiles, paradas militares e cívicas, treinamentos ou quaisquer outros eventos semelhantes.

O pedido foi encaminhado ao Comando Militar da Amazônia (CMA) e ocorre mais de dois meses depois da morte da onça Juma, após a cerimônia de revezamento da Tocha Olímpica realizada naquela unidade do Exército.

Outras recomendações enviadas ao Exército pedem ainda que nenhum animal seja exibido fora de seu recinto, como o zoológico do CIGS; que sejam realizados os procedimentos de regularização junto aos órgãos ambientais de todos os animais silvestres sob guarda; que os procedimentos de manipulação, manejo e transporte de animais silvestres sejam orientados pelos órgãos ambientais e, em caso de fuga de animal, sejam acionados os órgãos ambientais e a polícia ambiental; que nenhum animal silvestre seja acolhido por qualquer unidade militar, sem o atendimento legal pertinente.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505