15/09/2016 07h59 - Atualizado em 15/09/2016 07h59

Jair Bolsonaro é aplaudido na Câmara após rebater acusações de deputada petista

O deputado lembrou que o cunhado de Maria do Rosário foi preso por pedofilia.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Câmara dos Deputados realizou na quarta-feira (14), uma sessão para discussão da ‘Cultura do estupro’. na ocasião a deputada Maria do Rosário (PT) e outras mulheres convidadas acusaram o deputado Jair Bolsonaro de promover a cultura.

Por esse motivo, o deputado pediu direito de resposta, o que lhe foi negado durante um bom tempo. Logo após Rosário decidiu conceder o direito ao deputado que não apenas se defenseu, mas lembrou que o cunhado da deputada foi preso acusado de praticar o crime de pedofilia.

Jair recebeu fortes e intensos aplausos dos seus colegas de plenário.

Assista o vídeo:

Maria do Rosário x Jair Bolsonaro

Os desentendimentos entre os os dois parlamentares se arrastam há um bom tempo. No ano de 2003, após crime bárbaro, Bolsonaro foi entrevistado por um programa da Rede TV e na ocasião, discutia-se a redução da maioridade penal, uma vez que o crime tinha como autor um menor de idade que assassinou um casal, mas antes disso, torturou e estuprou a garota por vários dias.

Maria do Rosário acabou entrando na conversa para defender a não redução da maioridade penal. Em resposta, Jair disse que quem defendia os criminosos, devia levar o menor que matou o casal para dirigir o carro de sua filha.

mais recente, em 2014, o embate entre os dois foi reavivado em uma sessão da Câmara. Maria e o seu partido fizeram uma queixa-crime contra o deputado. Em 2016, a denúncia foi aceita pelo STF e o político tornou-se réu. Embora possa perder o mandato, se condenado, o mesmo goza da prerrogativa de que todo parlamentar jamais será punido por suas opiniões, votos e palavras expressas.

Fonte: us.blastingnews.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505