30/09/2016 14h07 - Atualizado em 30/09/2016 14h22

Marcelo Ramos domina debate da TV Amazonas e mostra que é o mais preparado para governar Manaus

Sem descer o nível do debate, o candidato Marcelo Ramos enumerou um a um os projetos de governo para devolver a cidade o caminho do futuro.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Mais preparado e com melhor desempenho durante todo o debate promovido pela TV Amazonas, na noite desta quinta-feira (29), Marcelo Ramos o candidato Marcelo Ramos mostrou novamente que está pronto para assumir a Prefeitura de Manaus. Sem descer o nível do debate, o candidato Marcelo Ramos enumerou um a um os projetos de governo para devolver a cidade o caminho do futuro: Saúde, Educação, Transporte Coletivo, Gestão, Transparência, Infraestrutura, todos os temas propostos foram respondidos por Marcelo Ramos com firme embasamento do seu Plano de Governo.

Marcelo Ramos aproveitou o debate para agradecer o carinho recebido nas ruas durante o processo eleitoral do 1º turno, e afirmou que não iria responder ao “ódio e covardia com os quais os adversários” atacam sua campanha.

“Nós entregamos a nossa campanha ao povo de Manaus. Essa campanha não me pertence mais. Essa campanha hoje é de uma criança que me abraça nas ruas e diz que vai pedir para seus pais votarem no 22. Essa campanha é de um trabalhador que vai para o Distrito e reúne com os colegas e pede para votar no 22. É de uma mãe e de um pai que por um futuro melhor para toda a família, se reúnem para toda a família votar no 22. É muito bonito o que estamos vivendo. É a vontade do povo de Manaus. É a poderosa força de Deus que vai nos colocar no segundo turno e que vai nos levar à vitória”, afirmou Marcelo Ramos.

Saúde
Sobre suas propostas para a área da saúde, Marcelo Ramos foi enfático ao falar diretamente para a população que sofre quando vai até a porta de uma casinha de saúde e não é atendida. “Isso é uma covardia com a população, com gente simples que precisam de um atendimento básico. Porque se a pessoa bate na porta de uma casinha é porque está com febre, está com problema de pressão ou diabetes descontrolada e precisa de um atendimento”, disse Marcelo ao afirmar que vai ampliar a rede de atenção básica.

De acordo com Marcelo, hoje Manaus tem cobertura de saúde de até 50% e a Estratégia de Saúde da Família com cobertura de apenas de 33% para a população. A proposta de Marcelo é de ampliar para 70% de cobertura, aumentando as equipes de Estratégia de Saúde da Família para 400 equipes.

“Vai voltar aquele médico que você conheceu entrando na sua casa, conversando com você, mais do que curando doenças, promovendo saúde. Infelizmente, nos últimos anos, há uma precarização muito grande da rede de atenção básica, mas isso vai mudar e o médico vai voltar a frequentar a sua casa”, disse Marcelo Ramos diretamente ao telespectador.

Corrupção
Ao abordar o tema “Corrupção”, Marcelo Ramos explanou que tem não só na vida pública, mas também na sua vida privada, absoluto compromisso ao combate da corrupção.

“A minha história no parlamento é marcada pela fiscalização dos gastos da administração pública. É marca também na minha trajetória, o apoio objetivo para que a Polícia Federal tenha uma atitude absolutamente radical com qualquer conduta de desvio de dinheiro dentro da administração pública. Inclusive, avançando para investigações de contratações que não se justificam. Contratação de uma empresa de um preso da operação Maus Caminhos por dispensa de licitação para fazer ao mesmo tempo o serviço de telemarketing e combater ao zika vírus. Tenho certeza que a operação Maus Caminhos ainda chegará nesse contrato”, comentou Marcelo.

Marcelo complementou dizendo que existem dois dutos que fazem jorrar dinheiro público: o duto da corrupção e o do duto da ineficiência, e que só existem duas formas de combater isso: transparência absoluta e controle social. “Nosso governo vai garantir transparência absoluta das contas públicas e vai criar mecanismos de controle social para que a população seja parceira, seja fiscal da boa utilização do dinheiro público”, disse.

Transporte público
Marcelo Ramos disse que o desafio no transporte coletivo é sério e é preciso dobrar a média de velocidade da frota em quatro anos com as obras de infraestrutura e com corredores de ônibus exclusivos. “Não com uma lata de tinta, um rolo e um talão de multas. Mas com obras e investimentos, com alargamento de vias, com infraestrutura adequada, com uma frota nova com a porta do lado certo, com sinalização inteligente”, disse.

Entre as falhas apontadas por Marcelo Ramos no transporte público de Manaus está nas paradas de ônibus sem coberturas, na demora dos ônibus e nas suas condições precárias. “O que acontece hoje e nos últimos dias, as empresas não colocam toda a frota para rodar. Mostrei isso no nosso programa de TV: várias paradas de ônibus lotadas e as garagens das empresas cheias de ônibus parados. Isso vai acabar em nosso governo”, afirmou Marcelo Ramos.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505