14/09/2016 18h33 - Atualizado em 14/09/2016 18h33

Partidos apostam em “caras novas” para tentar vaga na CMM

Câmara Municipal de Manaus teve um índice de 56% de renovação nas eleições de 2012.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Dos 1.408 candidatos que disputam uma das 41 cadeiras na Câmara Municipal de Manaus (CMM), pelo menos 462 estão na sua primeira disputa por um cargo eletivo, segundo dados do Sistema de Divulgação de Candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A aposta dos partidos em “caras novas” é uma estratégia comum nas eleições, que usa a popularidade do candidato para conquistar votos.

Nas eleições de 2012 a Câmara Municipal de Manaus (CMM) teve um índice de 56% de renovação. Mais da metade dos vereadores que tentavam a reeleição tiveram que deixar a cadeira. Entre os 41 eleitos, 23 eram novatos. Pensando nesses números, a aposta por ‘caras novas’ virou estratégia dos partidos e coligações. E para isso, quanto mais popular melhor.

Entre os candidatos que disputam eleições pela primeira vez este ano, estão: a psicóloga Adriana Guimarães (PSD), o empresário Kleber Romão (DEM), o empresário Dallas Filho (PMDB), e o DJ Raidi Rebello (PTN).

O candidato Kleber Romão (DEM) também já é conhecido por suas manifestações polêmicas e principalmente por se posicionamento ferrenho contra os ex-presidente Lula e Dilma Rousseff, ambos do PT, e também contra o PCdoB. Um dos episódios mais conhecidos foi a denúncia de que o PCdoB estava usando a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) para fazer campanha contra a abertura do processo de Impeachment da presidente Dilma, em maio deste ano. Romão foi impedido de participar do debate democrático que estava acontecendo na instituição, porque era a favor do impedimento da presidente afastada, e chegou a ser hostilizado por pessoas ligadas ao PCdoB.

Romão também participou de todos os atos em Brasília a favor do Impeachment. Antes disso, Romão já era conhecido por denunciar atos de corrupção, mas nunca disputou cargo eletivo antes, mas este ano resolveu entrar na briga.

O DJ Raidi Rebello que já era conhecido na mídia, com uma carreira de mais de 30 anos como Dee Jay e o título, conquistado em 2011, de melhor DJ do Brasil. Ele também é empresário em Manaus e locutor de rádio. Rebello ainda não havia se candidatado antes, mas este ano resolveu arriscar o pleito este ano.

Dallas Filho, é filho do deputado estadual Wanderley Dallas (PMDB), parlamentar conhecido por apresentar propostas de pouca relevância, maioria criando datas comemorativas, e por seus posicionamentos superficiais na Assembleia. Dallas pai é pastor, e foi eleito com a ajuda da igreja, a agora tenta emplacar o filho dele na vaga de vereador.

A psicóloga Adriana Guimarães, 35, nascida em Manaus, também concorre a sua primeira eleição. Como psicóloga, é defensora ferrenha da melhora no atendimento psicossocial oferecido nas unidades públicas de saúde.

Nomes Curiosos

Para conquistar o eleitor, alguns nomes curiosos também são usados para chamar atenção e conquistar votos. No sistema do TSE encontramos alguns bem curiosos como: Arigo (PPS), Bambi do Samba (PSDC), Banana (PDT, Gorda (PV), Bin Laden (PRTB) e Bigode dos Rodoviários (PMB).

Por AM POST

É comum partidos e candidatos optarem por lançar pessoas conhecidas na mídia, ou com um certo grau de popularidade no seu segmento para conseguir votos. Lançar candidatos com apelidos e nomes diferentes, também é um atrativo para o eleitor. Isso porém não significa que todos tem a mesma capacidade de exercer um bom mandato e lutar pelos interesses da população. Cabe ao eleitor avaliar não só nomes ou popularidade, mas trabalho, história de vida e propostas, principalmente.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505