26/09/2016 14h59 - Atualizado em 27/09/2016 08h01

Pesquisa mostra que Marcelo Ramos amplia vantagem e vence no segundo turno com 56%

Marcelo cresce e vence Artur no segundo turno com 13 pontos de vantagem e no primeiro turno há empate técnico entre os dois principais candidatos.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Pesquisa do instituto DMP/Tiradentes, o único que acertou os resultados das últimas eleições, mostra que Marcelo Ramos não para de crescer. Se as eleições fossem hoje, Artur Neto e Marcelo Ramos estariam empatados tecnicamente no primeiro turno (36,3% e 31,5%, respectivamente dos votos válidos). Numa simulação de segundo turno, Marcelo vira e teria hoje 56,3% contra 43,7% de Artur Neto, uma diferença de 12,6 pontos percentuais. “É o sentimento de mudança que está conquistando cada vez mais corações e mentes em todas as zonas da cidade. O povo já sabe que estou preparado e tenho propostas viáveis para fazer a mudança segura e transformadora que Manaus precisa”, disse Marcelo Ramos.

A pesquisa do DMP/TIRADENTES, realizada entre os dias 20 e 23 de setembro, está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), sob o No.1003/2016, e indica ainda que Serafim Corrêa vem em terceiro com 6,8%, seguido por José Ricardo com 6,5%, Silas Câmara (6,3%), Hissa Abraão (5,6%), Henrique Oliveira (4,9%), Luiz Castro (1,3%) e Queiroz com 0,9%.

Outro destaque da pesquisa DPM/TIRADENTES é o índice de rejeição dos candidatos. Enquanto Marcelo possui apenas 9,5%, o atual prefeito lidera com um índice histórico de 34,4% de eleitores que não votariam em sua reeleição em hipótese alguma.

“É a prova de que Manaus rejeita a administração do atual prefeito e não abre mão da mudança. Uma gestão que administrou para o benefício de poucos, que abandonou os bairros periféricos, acabou com projetos sociais, não construiu escolas, não fez o BRT, tão pouco as 25 escolas de tempo integral, as 110 creches, os 25 km de ciclovia e nem ampliou o programa Saúde da Família, embora tenha tido R$ 5 bilhões a mais que o prefeito anterior. Não faltou dinheiro, sobrou incompetência”, afirmou o candidato.

Marcelo disse que o desafio agora é reforçar a campanha para manter o crescimento em todas as zonas da cidade. “Essa pesquisa só nos estimula a trabalhar mais, com pé no chão”, disse, acreditando que é possível chegar ao segundo turno até frente do atual prefeito. “Temos muito a conquistar, mas temos garra, determinação, humildade e um programa de governo que foi abraçado pela população”, completou.

O resultado da nova pesquisa da DMP/Tiradentes apresenta queda do prefeito Artur Neto. Já a pesquisa anterior, feita entre os dias 11 a 15 de setembro, o atual prefeito tinha 36 pontos percentuais, enquanto que na nova pesquisa, o prefeito que tenta a reeleição caiu para 33,5%.

Enquanto isso, Marcelo Ramos é o candidato que mais cresce em todas as pesquisas divulgadas até agora. Ele vem mostrando uma campanha ‘pé no chão’, conversando diretamente com o eleitor, expondo suas propostas e mostrando claramente que conhece os problemas de Manaus.

“Estamos propondo uma administração possível e não vamos prometer nada mirabolante porque sempre tenho muita responsabilidade com o que eu falo. A nossa gente está cansada de promessas descabidas. Agora é hora de dar um basta na falácia e no dia 2 de outubro, Manaus vai votar pela mudança segura e transformadora”, ressaltou Marcelo Ramos.
A pesquisa da DMP/Tiradentes ouviu 1.240 eleitores e foi registrada no TER-AM com o número 1003/2016.

img-20160926-wa0013

img-20160926-wa0014

img-20160926-wa0015

img-20160926-wa0016

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505