21/09/2016 15h57 - Atualizado em 21/09/2016 15h57

Platiny Soares pede punição aos responsáveis por desvios de recursos da Saúde

Em discurso o democrata disse estar indignado com a postura adotada dentro do serviço público.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O vice-presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado estadual Platiny Soares (DEM), comentou, na Sessão Ordinária desta quarta-feira (21), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), a Operação Maus Caminhos, realizada pela Polícia Federal e que investiga o desvio de recursos públicos do Fundo Estadual de Saúde do Amazonas. “Que essa quadrilha seja presa, seja punida. Vidas são ceifadas por falta de recursos na saúde. Apoiaremos qualquer operação policial que vise elucidar qualquer fato dessa natureza”, afirmou o parlamentar.

Platiny também esclareceu que não se recusou a assinar a proposta de instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), proposta pela deputada estadual Alessandra Campêlo (PMDB), para investigar os supostos desvios de recursos do Fundo Estadual de Saúde. Segundo ele, nenhum documento sobre criação de CPI havia chegado as suas mãos até a manhã desta quarta-feira. “A gente não pode permitir que esse terrorismo de boataria tome as rede social com acusações”, criticou.

O deputado questionou ainda o porquê de não ter ocorrido o mesmo pedido de abertura de CPI quando da deflagração, também pela Polícia Federal, em agosto deste ano, da Operação Nemeus, com o objetivo de desarticular uma quadrilha responsável por fraudes em licitações e desvio de recursos públicos cedidos pelo Ministério do Esporte, por meio de convênios, a diversas confederações esportivas. O deputado estadual defendeu, então, que não haja “fiscalização seletiva” por parte do parlamento amazonense.

“Nenhum deputado propôs CPI para investigar. Não façamos fiscalização seletiva. Vamos abrir também CPI para o esporte. Eu apoio qualquer operação que vise recuperar recurso público desviado”, finalizou.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505