28/09/2016 13h35 - Atualizado em 29/09/2016 07h14

Prefeitura arrecada R$ 2 milhões em multas com faixa azul para campanha de Artur Neto

Só para fazer o estudo de viabilidade da faixa azul, a Prefeitura pagou R$ 2 milhões à empresa Vetec Engenharia LTDA.
Foto: Isabelle Marques
Foto: Isabelle Marques

O cidadão de Manaus acordou hoje e descobriu que a Prefeitura arrecadou mais de R$ 2 milhões em multas aplicadas somente aos motoristas que trafegam faixa azul das avenidas Constantino Nery, Mário Ipiranga e Umberto Calderaro. O valor é referente aos meses de maio, junho e julho deste ano.

Só para fazer o estudo de viabilidade da faixa azul, a Prefeitura pagou R$ 2 milhões à empresa Vetec Engenharia LTDA. Mas apenas com quatro dias de funcionamento, o prefeito foi obrigado por pressão da população a suspender a faixa azul “para mais estudos”. Pagou R$ 2 milhões para fazer o estudo, gastou mais de R$ 20 milhões para pintar de azul o asfalto e agora tira outros R$ 2 milhões fazendo funcionar a indústria da multa. Dinheiro que vai para a campanha de reeleição do prefeito, uma vez que agora é proibida a doação de empresas.

“Esse dinheiro está indo pra financiar a campanha do prefeito. Se em três meses ele tem 2 milhões. Quanto foi faturado desde o início da faixa azul? Quanto o prefeito deixou de declarar”, desabafa Francisco Souza, morador do Mutirão.

As ruas de Manaus, em especial das zonas Norte e Leste, estão cheias de buracos. Quem anda pela Av. Margarita, no Nova Cidade, não consegue entender que está na mesma cidade das avenidas do Turismo e da Coronel Teixeira, na estrada da Ponta Negra. É evidente para qual lado da cidade o prefeito Artur tem predileção. “É por isso que ele é campeão em rejeição e vai perder a eleição”, diz Joana Fernandes, moradora da Cidade Nova.

img-20160928-wa0010

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505