22/09/2016 15h04 - Atualizado em 22/09/2016 15h11

Quarteto é preso no Solimões com fuzis alemão e israelense e mais de R$ 400 mil

Todo o material foi encontrado em uma ilha conhecida como Boca do Jacaré, que fica próxima a Manacapuru.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quatro homens foram presos no rio Solimões, nas proximidades da ‘Ilha do Baixio’, município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus), com armas de grosso calibre, mais de R$ 462 mil em espécie e uma lancha. A prisão ocorreu nessa quarta-feira (21). O quarteto foi apresentado na manhã de hoje, na Delegacia Geral, na Zona Centro-Oeste da cidade.

De acordo com o diretor do Denarc, delegado Paulo Mavignier, há três meses, as equipes do Denarc vinham investigando o bando que era responsável por realizar o transporte de substâncias ilícitas do município de Tabatinga para Manaus e outros estados. Na tarde de ontem, os policiais receberam denúncia de que o grupo iria fazer o transporte de drogas pelo rio Solimões. Diante da informação, as equipes montaram uma ação conjunta com o intuito de interceptar o grupo.

O dinheiro seria usado para a compra de drogas em Tabatinga. Segundo o delegado, o quarteto pegou o montante no Pará com destino ao interior do Amazonas. O grupo tinha função específica de transporte e compra de drogas e já estava sendo investigado há três meses.

O quarteto foi identificado como Nelson Ozório Curico, 45, que é peruano, e os brasileiros Adaldino de Souza dos Santos, 33, Hivan Sousa de Almeida, 24, e Gilberto Santos da Costa. Todos foram autuados por tráfico e associação criminosa.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505