09/10/2016 15h58 - Atualizado em 10/10/2016 11h30

Ginastas do Amazonas conquistam ouro no Sul-Americano da Colômbia

As atletas são o orgulho do Brasil no evento internacional.
Foto: Nathália Silveira/Sejel
Foto: Nathália Silveira/Sejel

A delegação do Amazonas brilhou no Sul-Americano de Ginástica Rítmica que acontece desde sexta-feira, 06, no Coliseo Municipal de Paipa, na Colômbia. Representando o Brasil, elas conquistaram ouro inédito para a carreira, com a nota geral de 19.200, nas duas apresentações com as mãos livres, do conjunto pré infantil. Para ir à competição, a delegação recebe apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Formam a equipe canarinho as atletas Clara Mendes, 10, Camila Cunha, 10, Evelyn Lamego, 10, Isabela Lages,10, Raicca Tomé, 8, e a técnica Fabricia Viana. A comandante do time conta que a trajetória ate o pódio foi difícil, mas que as meninas tiveram sucesso ao enfrentar Chile, Bolívia, Argentina e Colômbia.

“Até último momento as meninas foram concentradas e decididas, porque estávamos lutando diretamente contra a Argentina. A nossa maior dificuldade, inclusive, foi a respiração, pois a altitude complicou um pouco, mas nossas atletas decidiram que dariam tudo durante os dois minutos e trinta de apresentação”, contou Viana.

A técnica da equipe dourada ainda relatou que parar driblar a altitude e o clima com temperatura baixa, foi preciso utilizar técnicas de respiração para que a apresentação não fosse afetada. “Além do foco necessário, conseguimos trabalhar a respiração forte, suficiente para a equipe conseguir finalizar a série. Com o frio sofremos um pouco também, mas nada que comprometesse”, disse.

A apresentação do grupo foi toda inspirada no desenho da Disney ‘Nem que a Vaca Tussa’ e a conquista, de acordo com Fabricia, está atrelada a dedicação dos últimos meses. Para o evento, as ginastas chegavam a treinar mais de 30 horas por semana.

“Na GR é necessária dedicação exclusiva, uma vez que a modalidade prioriza a perfeição. Para tanto, os treinos aconteciam de segunda a sábado, das 16h às 21h, na Vila Olímpica de Manaus (segunda, quarta e sábado) e no Colégio Adalberto Valle (terças, quintas e sextas-feiras)”, contou a treinadora, que junto com o time campeão chega em Manaus na próxima terça-feira, dia 11.

A vaga para Sul-Americano foi conquistada em junho deste ano, após a equipe amazonense vencer a Copa Brasil de Conjuntos, evento que ocorreu no Centro de Ginástica Bianca Maia Mendonça, localizado na Vila Olímpica de Manaus, no Dom Pedro.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505