13/10/2016 14h54 - Atualizado em 14/10/2016 09h37

José Aldo fará reunião com o UFC para definir futuro e aposentadoria

O lutador fez declaração de ataque ao UFC: ‘Hoje, o certo é o errado. O certo é cheirar cocaína, fumar maconha, xingar’.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Irritado com o fato de que Conor McGregor fará sua terceira luta consecutiva fora da categoria peso-pena, mas sem perder o cinturão linear da divisão, José Aldo, anunciou a sua aposentadoria do MMA. Campeão interino dos penas, teria desabafado contra a organização durante evento realizado no Rio de Janeiro, segundo matéria do portal Uol. O presidente do UFC, Dana White, no entanto, garantiu que vai encontrar uma solução para o problema.

“Se eu continuar no esporte, só quero saber de dinheiro. Isso é o que vale hoje em dia. Não vale mais a pena ser o lutador correto. Hoje, o certo é o errado. Não adianta ser o bom moço, cumprir o que eles pedem… Isso não é o certo, isso é o errado hoje em dia.”

Infeliz após não ter tido direito de revanche quando perdeu o cinturão para Connor McGregor, o brasileiro questionou a postura do Ultimate nos últimos anos. “O certo é você cuspir na cara dos outros, cheirar cocaína, fumar maconha, jogar água nos outros, xingar, falar palavrão, não aparecer nas coletivas… Isso é o certo hoje em dia, então é isso que os brasileiro precisam começar a fazer”, desabafou.

A declaração de Aldo é direcionada aos principais nomes da organização. Jon Jones e Nate Diaz já foram suspensos pelo uso de drogas enquanto McGregor é conhecido pelas grandes confusões durante a promoção de suas lutas.

Em entrevista ao “UFC Tonight” (programa oficial de TV do Ultimate nos EUA) desta quarta-feira, o chefão afirmou que vai se reunir com o brasileiro na próxima semana, em Las Vegas, para uma conversa.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505