03/10/2016 17h26 - Atualizado em 4/10/2016 11h54

Marcelo inicia campanha de segundo turno articulando novos apoios

Ramos trabalha para ter em sua campanha neste segundo turno Serafim Corrêa (PSB), José Ricardo (PT), Silas Câmara (PRB), Hissa Abraão e Professor Queiroz.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O candidato Marcelo Ramos, da coligação Mudança para Transformar, iniciou o primeiro dia após a eleição do primeiro turno, em que recebeu mais de 257 mil votos, articulando novos apoios. Marcelo trabalha para ter em sua campanha neste segundo turno Serafim Corrêa (PSB), José Ricardo (PT), Silas Câmara (PRB), Hissa Abraão (PDT), Luiz Castro (Rede) e Professor Queiroz (Psol), que representaram oposição ao prefeito Artur.

Ele espera até sexta-feira anunciar os primeiros apoios. “O momento é de muito diálogo, de entendimento em busca de um ideal comum. Estamos trabalhando firmemente nessa direção. O eleitor confirmou nas urnas que quer mudança. Entendo que essas candidaturas eram de oposição e que agora tendem a se unir em torno do nosso nome, para que juntos façamos a mudança que a maioria do eleitorado de Manaus já revelou querer”, disse.

Essa primeira semana do segundo turno será dedicada às articulações políticas. A campanha de rua só recomeça a partir da próxima segunda-feira e os programas eleitorais a partir do dia 15. Na sexta-feira, Marcelo confirmou participação em dois debates. Um na Rádio Tiradentes, pela manhã, e o segundo na BAND Amazonas, marcado desde o primeiro turno.

Entre uma articulação e outra, Marcelo concedeu entrevistas para emissoras de rádios, TVs, jornais e blogs, passando a mensagem de agradecimento aos mais de 257 mil votos recebidos neste domingo.

“Estou muito feliz com o resultado que nos colocou no segundo turno. Agradeço a cada um dos eleitores que acreditaram na nossa proposta de fazer uma mudança segura e transformadora para Manaus. Agora, é uma outra eleição. É um plebiscito. O povo, que já disse não ao atual prefeito no primeiro turno, vai confirmar no segundo turno a opção pela mudança. No primeiro turno tínhamos vários candidatos de oposição, agora há somente a nossa candidatura que representa a mudança e isso está claro para a população. Tenho convicção que vamos aglutinar os votos da grande maioria que optou pelos candidatos de oposição. Vamos vencer”, disse.

A eleição de segundo turno, de acordo com Marcelo, equilibra as forças a partir do tempo da propaganda eleitoral de rádio e televisão. O tempo é dividido igualitariamente entre os dois candidatos classificados, diferente do primeiro turno em que Artur tinha mais de 40% do tempo total. “Com o tempo maior, vamos poder mostrar com mais detalhes nosso Plano de Governo que contempla cinco principais áreas de atuação para fazer Manaus crescer e ter qualidade de vida e desenvolvimento”, disse.

Na noite de domingo, acompanhado da esposa Juliana Ramos, do deputado estadual Josué Neto, candidato a vice-prefeito, do senador Omar Aziz, dos deputados federais Alfredo Nascimento, Pauderney Avelino e dos vereadores eleitos do PR, Marcelo Ramos concedeu coletiva à imprensa para comentar o resultado das urnas.

“Nossa votação evidencia o desejo das pessoas de mudar. O desejo do ‘Tempo de Aprender’ para seus filhos terem mais qualidade na educação, o ‘Saúde em Minha Casa’ para humanizar o atendimento médico para as comunidades, a ‘Cidade Segura’ para devolver as ruas e as praças para as famílias, o ‘Meu bairro Vivo’ para promover o desenvolvimento social e econômico de nossos bairros e o ‘Sistema Inteligente de Mobilidade’ para dar qualidade de vida à população”, comentou Marcelo Ramos.

Marcelo criticou novamente a decisão da Justiça Eleitoral que concedeu mais de 200 direitos de resposta ao adversário Artur Neto dando ao prefeito “mais um dia de campanha”. A crítica foi acompanhada pelo senador Omar Aziz e o deputado federal Alfredo Nascimento.

“Em todo o país ninguém viu tamanha situação. A Justiça Eleitoral deu mais um dia de campanha ao prefeito Artur Neto concedendo a ele mais de 200 direitos de respostas. Mas, não adianta tempo de televisão, direito de resposta ou dinheiro diante da rejeição de quase 70% que o prefeito teve nessa votação. Mas, vamos debater isso no campo próprio: na Justiça”, afirmou Marcelo Ramos.

Alianças
Tanto o senador Omar Aziz, quanto o deputado federal Alfredo Nascimento, afirmaram que o 2º turno será construído de novas alianças para fortalecer a campanha de Marcelo Ramos e promover a vitória das eleições no dia 30 de outubro.

Para Omar, a conversa com os demais candidatos devem começar ainda esta semana. “Quero convocar o Silas Câmara. Conheço o Silas há muito tempo, sei o quanto ele sofreu para se eleger deputado federal e sei o quanto foi feito para derruba-lo. Sei da relação do José Ricardo com o Marcelo e também do carinho do Serafim. Manaus mostrou que rejeita o prefeito Artur e quer Marcelo Ramos na prefeitura”, disse o senador Omar Aziz.

O deputado federal Alfredo Nascimento disse que a candidatura de Marcelo começou pequena, mas que se agigantou com o decorrer da campanha e vem consolidando a cada dia. “Marcelo estudou a cidade, está preparado para ser um grande prefeito e tem um plano de governo com propostas viáveis e que vão mudar para melhor a vida das pessoas”, assegurou.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505