08/10/2016 13h59 - Atualizado em 8/10/2016 13h59

Marcelo reinicia campanha com grande caminhada no Centro de Manaus

Por onde passou Marcelo Ramos foi cumprimentado, abraçado, saudado e recebeu pedidos para fazer selfies.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Marcelo Ramos reiniciou a campanha neste segundo turno com uma grande caminhada no Centro de Manaus. Em mais de três horas, Marcelo e o vice Josué Neto passaram pela Feira da Banana, pela Manaus Moderna, Igreja dos Remédios até chegar às ruas Theodoreto Solto e Marechal Deodoro. “A recepção do povo só reafirma o desejo de mudança que 65% da população demonstrou ao votar contra a candidatura de reeleição do atual prefeito. Nossa campanha é a união de todos que querem mudança e voltar às ruas e perceber que o povo abraça nossa campanha nos dá a certeza que estamos fazendo uma campanha vitoriosa”, declarou Marcelo Ramos.

Por onde passou Marcelo Ramos foi cumprimentado, abraçado, saudado e recebeu pedidos para fazer selfies. O calor e a emoção das pessoas foi sentido nos gestos espontâneos de cordialidade e empatia de todos que declaravam apoio e voto em Marcelo Ramos nas eleições do segundo turno.

Aos feirantes e vendedores da Manaus Moderna, Marcelo Ramos, apresentou suas propostas de revitalizar as feiras de Manaus e organizar os vendedores ambulantes. “Nós temos que arrumar o Centro de Manaus e fazer dele viável comercialmente. Nenhum Centro sobrevive sem atividade econômica e nosso governo não vai pensar em quebrar ruas do Centro, quando precisamos de investimento e reforma das ruas comerciais”, disse Marcelo Ramos.

“Nós queremos um prefeito que nos ajude e não que mande jogar nosso carinho de frutas no lixo. Votei no Marcelo e voto de novo porque meu trabalho merece respeito. Se estou na rua vendendo fruta é porque tenho vergonha na cara para trabalhar e não mereço ter meu sustento jogado no lixo pela prefeitura”, desabafou a vendedora ambulante, Conceição Souza.

Ao passar pela Praça Tenreiro Aranha, Marcelo Ramos foi abordado pelo vendedor ambulante Júlio Freitas que pediu o fim da reforma do local que já dura quase três anos. “Marcelo, essa praça está abandonada. Eu voto no 22 para ver essa praça viva de novo”, afirmou Júlio.

“Nós estamos em crise e não podemos atrapalhar e nem tirar o trabalho de ninguém. Nossa administração é para ajudar o povo de Manaus e não para a vaidade do prefeito. Manaus precisa de uma administração que repense a cidade sem desrespeito ao povo”, disse Marcelo Ramos.

Na Rua Marechal Deodoro a receptividade dos trabalhadores do ‘bate-palmas’ surpreendeu Marcelo Ramos. Por onde passou, em todas as lojas, ouviu elogios à sua campanha e promessas de voto no segundo turno.

“O Centro de Manaus será renovado. Nosso projeto de revitalização do comércio da Marechal Deodoro é o mesmo para todo o Centro e também nos bairros com o projeto Meu Bairro Vivo. A prefeitura não deve trabalhar para prejudicar o comércio local. Não é quebrando rua e expulsando os vendedores ambulantes com truculência que vamos resolver o problema”, disse Marcelo Ramos.

Abordado pelos garis nas ruas, Marcelo Ramos se comprometeu a aumentar o salário dos trabalhadores da limpeza e a resolver a situação jurídica dos contratos em regime de RDA (Regime de Direito Administrativo). “O prefeito Artur passou quatro anos fugindo dessa responsabilidade. Nós vamos enfrentar a situação dos RDAs no primeiro ano de governo. Não podemos deixar esses trabalhadores sem segurança no seu emprego”, disse Marcelo.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505