19/10/2016 19h49 - Atualizado em 20/10/2016 14h37

Moradores fazem denúncia ao MPE contra Artur Neto

Eles alegam que o prefeito entregará casas para pessoas que não estão na lista oficiais e denunciaram também que valores foram cobrados para que as casas fossem entregues.
Foto: divulgação
Foto: divulgação

Um grupo de pessoas foi ao Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) na manhã de hoje (19) para fazer uma denúncia contra o prefeito Artur Neto. Eles alegam que o prefeito entregará casas para pessoas que não estão na lista oficiais e denunciaram também que valores foram cobrados para que as casas fossem entregues.

Segundo Marfelina Farias, representante do grupo, a denúncia foi feita porque uma lista de 45 nomes de pessoas que atenderam ao processo de cadastramento da Prefeitura, por meio das Secretarias Municipais da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos e de Habitação e Assuntos Fundiários (Sehaf), juntamente com a Caixa Econômica Federal; ficaram de fora e não serão contempladas com a casa própria.

“Nós soubemos que outras pessoas que não têm direito, vão receber as casas porque foram escolhidas pelo prefeito Artur e pelo subsecretário Dante. Também temos informações de que teve gente que pagou de R$ 1,5 mil a R$ 5 mil para receber as casas. E nós que atendemos à todos os requisitos, inclusive, que temos cadastro na Prefeitura, não vamos receber as nossas casas”, disse indignada Merfelina.

As habitações são do conjunto Cidadão Manauara I que foram construídas no bairro Santa Etelvina. Serão entregues cerca de 784 apartamentos populares. As moradias fazem parte do projeto ‘Minha Casa Minha Vida’, realizado pela primeira vez em parceria com a Prefeitura de Manaus.

img-20161019-wa0013

img-20161019-wa0011

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505