04/10/2016 13h34 - Atualizado em 4/10/2016 20h24

SSP-AM lança programa de combate às drogas em Manaus

O projeto ‘Crack: é possível vencer’ será desenvolvido a partir do bairro Jorge Teixeira, por apresentar grande registro de ocorrências com drogas e violência.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) lançou nesta terça-feira, dia 4, o projeto “Crack: é possível vencer”, programa do Governo Federal, com adesão do Governo do Estado, por meio da SSP-AM. O lançamento e a apresentação dos equipamentos e veículos do programa aconteceram no estacionamento do 30º DIP, no bairro Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus.

O Amazonas não possui registro de apreensões de crack, porém, segundo o secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes, a adesão ao programa tem como finalidade o combate às drogas em geral. “O projeto piloto começará a ser desenvolvido no bairro de Jorge Teixeira, um dos bairros da zona Leste com grande registro de ocorrências com drogas e violência em geral, e depois poderá ser utilizado em outros locais como ferramenta para diminuir os índices de uso e tráfico de drogas, bem como prevenir a violência decorrente da problemática”, explicou o secretário.

O programa contempla um conjunto de ações que tem o objetivo de aumentar a oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários de drogas, enfrentar o tráfico e as organizações criminosas e ampliar atividades de prevenção. As ações tiveram início no dia 19 de setembro no bairro Jorge Teixeira.

As atividades estão estruturadas em três eixos: Autoridade, Prevenção e Cuidado. O primeiro inclui a integração de inteligência e cooperação entre as Polícias e a realização de policiamento ostensivo e operações. O eixo Prevenção abrange palestras nas escolas, nas comunidades e comunicação com a população. Já o eixo Cuidado prevê a ampliação e qualificação da rede de atenção à saúde voltada aos usuários.

Para a aplicação específica do programa, a SSP-AM recebeu alguns equipamentos dentre eles: dois veículos, duas motocicletas com capacete, e armas não letais.

suzana-martins-332

Além disso, o programa dispõe de um ônibus equipado com monitores e receptores de sinais ligados a 20 câmeras do sistema de vídeo monitoramento, que já estão instaladas em pontos estratégicos do Jorge Teixeira. Agentes do Sistema de Segurança estadual receberam capacitação para atuarem no monitoramento das informações e ocorrências.

Em Manaus, o programa envolverá, além da SSP-AM, a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino (Seduc) e Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), além de outros órgãos parceiros que receberam capacitação e atuarão de forma integrada. O projeto não tem previsão de encerramento.

Os três eixos do programa:
Autoridade
Desde o dia 19 de setembro a SSP-AM realiza operação de enfrentamento às drogas e outros crimes no Jorge Teixeira. Nesse período, a Operação registrou 8.538 abordagens, com apreensão de 434 motocicletas e 12 carros em situação irregular, duas armas de fogo e munições, além da recuperação de uma moto e dois carros roubados. Quatro pessoas foram presas por porte ilegal de arma de fogo.

As ações são desenvolvidas pela Secretaria Executiva Adjunta de Operações Integras (Seaop), Polícia Civil e Polícia Militar, com apoio do Departamento de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

Prevenção
Em torno de 1,5 mil pessoas receberam orientação preventiva e informações sobre uso e tráfico de drogas no período de 26 a 28 de setembro na escola Vasco Vasques, no Jorge Teixeira. As palestras foram ministradas por psicólogos, educadores, delegados e outros agentes parceiros do projeto com o objetivo de orientar alunos e a comunidade sobre as implicações do uso das drogas para a saúde e para a segurança. O objetivo é atingir até o fim do ano 5 mil pessoas com palestras e capacitações.

Cuidado
Diversas ações sociais foram realizadas nesta terça-feira (04), paralelas ao evento de lançamento do projeto “Crack, é possível vencer”. As ações, realizadas na escola Vasco Vasques, contemplaram serviços de saúde, cidadania, assistência social e embelezamento, voltados para toda comunidade. No decorrer do projeto, o Eixo Cuidado prevê ações integradas que possam aumentar a oferta de atenção e tratamento a usuários de drogas, como a integração dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e unidades terapêuticas para receberem e cuidarem de usuários de drogas, com atenção específica ao projeto.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505