19/10/2016 13h53 - Atualizado em 19/10/2016 13h53

Suspeito de matar e esquartejar jovem em Manaus é preso em Coari

Geneses Lopes é o quarto infrator interceptado por envolvimento no delito.
Foto: divulgação
Foto: divulgação

A Polícia Civil do Amazonas, prendeu Geneses da Silva Lopes, 20, conhecido como “Capataz”, envolvido no homicídio da estudante Ana Caroline Nascimento dos Santos, ocorrido em novembro de 2015, em Manaus na manhã desta quarta-feira (19). A vítima tinha 18 anos.

De acordo com a policia, Geneses foi localizado após o recebimento de denúncias anônimas, informando que ele estava escondido em Coari. Após diligências, os policiais civis encontraram o infrator em frente a uma residência situada na Rua B do bairro União, naquele município. O jovem foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva por homicídio, expedido no dia 18 de novembro de 2015, pelo juiz Mauro Moraes Antony, da 3ª Vara do Tribunal do Júri.

Conforme o delegado, o homicídio da estudante aconteceu na madrugada do dia 2 de novembro do ano passado, em uma casa localizada na zona Norte da capital, alugada por sete indivíduos, colegas da vítima, para que eles pudessem consumir entorpecentes. No dia do crime Ana Caroline teria usado drogas com os rapazes e acabou se desentendendo com um adolescente de 17 anos, após se recusar a manter relações sexuais com o elemento. Em função disso, o rapaz convenceu os amigos a esquartejarem a jovem, que teve as partes do corpo abandonadas em distintas zonas da capital.

Geneses é o quarto infrator interceptado por envolvimento no delito. Antes dele foram presos: Rodrigo de Castro Sá, 18, e Franklin da Silva, 20, apontado como ex-namorado da vítima. O adolescente de 17 anos, que instigou o homicídio, já foi apreendido pela polícia no ano passado. Continuam foragidos: Lucas Chunia Pedrosa, 23, o “Luquinha”; Márcio Cavalcante Meireles, 28, e um adolescente que não teve a identidade divulgada.

Quem puder colaborar com informações sobre os paradeiros dos três infratores que continuam foragidos, entrar em contato com a equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) pelo número do disque-denúncia da unidade policial: (92) 99176-9548. Também disponibilizamos o 181, da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM). A Polícia Civil assegura o sigilo da identidade dos informantes.

Mauro Duarte declarou que Geneses foi indiciado por homicídio qualificado. Ao término dos procedimentos cabíveis na delegacia, o jovem será encaminhado à Unidade Prisional de Coari, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505