Brasil vence mais uma com técnico Tite e já encaminha classificação para a Copa do Mundo de 2018

A Seleção venceu por 2 a 0 e está a um ponto da classificação antecipada para o Mundial.
16/11/2016 09h23 - Atualizado em 16/11/2016 09h23
Foto: Reprodução

O Brasil precisava retribuir o presente de horas antes de a bola rolar para a partida contra o Peru. Com a derrota do Uruguai, o time verde-amarelo, todo azul na madrugada da quarta-feira (16), entrou em campo já na liderança das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Para coroar o dia, a equipe do técnico Tite venceu por 2 a 0, em Lima, e encaminhou a classificação para a Rússia 2018, ainda na 12ª rodada.

A seis rodadas do fim da competição sul-americana, o Brasil se orgulha em dizer que está a um ponto da classificação antecipada para o Mundial. O time soma 27 pontos, na liderança isolada. Do outro lado, o Peru, que não vai ao Mundial desde 1982, ocupa a oitava colocação, com 14 pontos.

O jogo pode não ter sido o mais exuberante dois seis sob o comando de Tite até aqui, mas a seleção brasileira mais uma vez se comportou muito bem e manteve a invencibilidade com o novo técnico. O time soube suportar a pressão nos momentos em que foi testada e foi para o jogo quando preciso.

Como era de se esperar, o Peru até começou melhor. Apoiado por sua imensa torcida, o time do são-paulino Cueva e do flamenguista Guerrero incendiou o Estádio Nacional com rápidas ações ofensivas e marcando todo o campo. Os peruanos reclamaram de pênalti e Carrillo chegou a acertar a trave de Alisson antes dos 10 minutos. Demorou um pouco mais que o normal, mas Renato Augusto e Philippe Coutinho colocaram a bola no chão e, aos poucos, também foram criando as melhores chances.

Na volta do intervalo, o roteiro seguiu o mesmo. O Peru marcou pressão e acuou o Brasil em seu campo de defesa. A imensa habilidade, e frieza, dos brasileiros, claro, fez a diferença. Aos 12 minutos, Philippe Coutinho iniciou a jogada, a bola sobrou no meio da área para Gabriel Jesus que, tranquilamente, tocou no canto oposto ao do goleiro para colocar o time em vantagem.

A partir do gol, a seleção brasileira se soltou mais. O bom e velho futebol verde-amarelo deu novamente as caras no ataque, enquanto na defesa o time se mantinha seguro. Nem mesmo as atuações dos craques peruanos que atuam em futebol brasileiro foram capazes de vazar a defesa. Aos 33 minutos, Gabriel Jesus recebeu na área e, desta vez, decidiu dar um passe açucarado para Renato Augusto também fazer o seu e garantir mais uma vitória para o Brasil.

Para quem voltou a apreciar o futebol da seleção brasileira, terá de lidar com a saudade até o ano que vem. O próximo compromisso da equipe do técnico Tite acontece só em 23 de março, contra o Uruguai, fora de casa. Cinco dias depois, ainda sem local definido no País, o time encara o Paraguai. O Peru tem mais duas partidas decisivas contra Venezuela (fora) e Uruguai (casa).

Fonte: R7


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso