Golpista escondido há quatro anos em Manaus é encontrado por vitimas de Portugal pelo Facebook

O paradeiro de João Almeida foi revelado pelo Facebook, onde ficou exposto depois de ter participado de concursos de cozinha.
04/11/2016 17h07 - Atualizado em 4/11/2016 17h11
Foto: reprodução

O dono do restaurante “A cozinha do português”, João Almeida, foi preso por ter desviado 600 mil euros a clientes e à seguradora Zurich. O paradeiro do homem, de 41 anos, em fuga há quatro anos, foi revelado pelo Facebook, onde ficou exposto depois de ter participado de concursos de cozinha.

O cozinheiro que estava escondido em Manaus mantém uma página no Facebook e um site na Internet, onde era promovido desde o bacalhau até a francesinha e foram essas mídias que fizeram as vítimas do mediador de seguros o encontrarem na capital do Amazonas. As autoridades foram informadas e solicitaram a colaboração das autoridades brasileiras para o deter. João Almeida está preso no Departamento Federal do Estado do Amazona e ainda aguarda a extradição para Portugal.

Em Portugal, João Almeida está acusado de burla, falsificação, abuso de confiança e ainda emissão de cheque sem provisão. A acusação do Ministério Público (MP) garante que o mediador desviou cerca de 600 mil euros e já levava uma vida de luxo, antes de fugir para o Brasil.

Fonte: Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso