Mulher é presa com 5 kg de maconha do tipo ‘skunk’ e R$ 18 mil na zona Sul de Manaus

Segundo a polícia as equipes do Denarc estavam investigando o companheiro da dona de casa que no momento da abordagem policial conseguiu fugir.
17/11/2016 15h15 - Atualizado em 17/11/2016 15h15
Foto: divulgação

A dona de casa, Erlane de Oliveira, 38, foi presa em flagrante com cinco quilos de maconha do tipo “skunk” e cerca de R$ 18 mil em espécie.

Segundo o diretor do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), delegado Paulo Mavignier, as equipes interceptaram Erlane por volta das 17h30, na casa onde ela morava, situada na Rua C-21, segunda etapa do bairro Japiim, zona Sul da cidade.

Conforme a autoridade policial, as investigações em torno do caso tiveram início há aproximadamente duas semanas, após o recebimento de denúncia anônima. Ao longo da coletiva de imprensa o diretor do Denarc explicou que as equipes estavam investigando o companheiro da dona de casa, o taxista Jair Gadelha Reis, 55, que no momento da abordagem policial conseguiu empreender fuga.

No imóvel foram apreendidos, aproximadamente, cinco quilos de maconha do tipo “skunk”, uma balança de precisão e cerca de R$ 18 mil em espécie. Em depoimento a dona de casa relatou que o material ilícito pertence ao companheiro dela. Entretanto, ela sabia que o marido guardava a droga na residência deles.

“Recebemos a informação de aquela residência estava sendo utilizada como depósito para armazenar entorpecentes. Monitoramos o local por cerca de duas semanas e ontem conseguimos confirmar a prática ilícita no imóvel. Erlane relatou, ainda, que tinham mais cinco quilos da mesma droga no lugar, mas que o companheiro dela já teria levado da casa no início da tarde de ontem. O pedido de prisão preventiva em nome de Jair será representado à Justiça. Ele é taxista e também utilizava o veículo para entregar as substâncias ilícitas a mando de integrantes de uma facção criminosa que atua no Estado”, pontuou Mavignier.

Erlane foi autuada em flagrante por tráfico de drogas, crime previsto no Artigo 33 da Lei nº 11.343/06. Ao término dos procedimentos cabíveis a infratora será encaminhada ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), onde irá permanecer à disposição da Justiça.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

booked.net

Economia

Contato Termos de uso