Ipaam aplica mais de R$ 600 mil em multas por desmatamento e queimadas em oito municípios

A fiscalização teve objetivo de atender denúncias e coibir atividades ambientais ilegais praticadas por fazendeiros e produtores rurais.
01/12/2016 14h58 - Atualizado em 1/12/2016 17h13
Foto: Divulgação

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), em conjunto com o Batalhão de Policiamento Ambiental e o Corpo de Bombeiros, realizaram, no período de 11 a 25 de novembro, a Operação “Inaiá” para identificar áreas de desmatamento e queimadas no Sul do Amazonas e demais regiões.

A operação resultou em aplicação de R$ 629.950,00 em multas, além de apreensões e embargos realizados por fiscais do Ipaam aos infratores do meio ambiente em municípios como Careiro, Borba, Beruri, Tapauá, Canutama, Humaitá, Manicoré e Lábrea.

A fiscalização teve objetivo de atender denúncias e coibir atividades ambientais ilegais praticadas por fazendeiros e produtores rurais ao longo das rodovias BR-319, BR-230, AM-174 e ramais adjacentes. Também foi reforçada a presença do Estado nas unidades de conservações estaduais, a reserva de desenvolvimento sustentável (RDS) Igapó Açu, RDS Rio Amapá e Parque Estadual Matupiri.

O monitoramento da região, fiscalizações e apurações de denúncias resultou em procedimentos administrativos, aplicação de multas, notificações, apreensões de equipamentos e de madeiras, bem como embargo de áreas e atividades.

A operação de fiscalização Inaiá foi realizada em conjunto com o Batalhão de Policiamento Ambiental da Polícia Militar do Amazonas e com o Batalhão de Incêndios Florestais e Meio Ambiente do Corpo de Bombeiros.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

booked.net

Economia

Contato Termos de uso