Todos os esforços estão sendo feitos para encontrar delegado desaparecido de Coari, afirma secretário

Após tiroteio com traficantes no rio Solimões, próximo ao município de Coari, o delegado Thyago Garcez, desapareceu.
06/12/2016 16h22 - Atualizado em 7/12/2016 10h43

Foto: divulgação


O secretário de Segurança Pública do Amazonas, Sérgio Fontes, afirmou, em coletiva à imprensa, que todos os esforços estão sendo feitos para encontrar o delegado Thyago Garcez, 30 anos, que desapareceu na noite da segunda-feira (5), após confronto com traficantes no rio Solimões, próximo ao município de Coari.

Sete policiais civis, três delegados e três bombeiros foram enviados para o município e já atuam nas buscas, juntamente com a Polícia Militar de Coari. Uma aeronave, modelo Petrel, também foi deslocada para auxiliar nas buscas e na logística da operação. “Nossa prioridade é encontrar o delegado e temos esperança que o encontremos com vida. E nossa obrigação é prender os responsáveis por esse crime, por isso, enviamos equipes de combate ao crime organizado e também de resgate”, comentou o secretário.

O delegado Thyago e uma equipe de quatro policiais civis e militares, sendo um deles, um capitão PM, estavam voltando de uma incursão no rio, onde apuravam o roubo de uma embarcação. Faltando cerca de uma hora e meia para chegar à sede do município, depararam com uma lancha suspeita à margem do rio. “Quando eles desceram para verificar a situação, foram surpreendidos com tiros de dentro da mata. O delegado caiu na água e não foi mais visto. Os demais policiais conseguiram sair do local nas outras lanchas”, explicou o secretário.

Drogas
Na lancha abandonada no rio estavam cerca de 600 kg de drogas, sendo 500 kg com características do tipo skunk e 100 kg do tipo pasta base. Um homem foi preso e apresentado para os procedimentos na Delegacia do município.

Já na noite de segunda-feira, ocorreram as primeiras buscas pelo delegado. “Se for preciso mais recursos, enviaremos. Essas situações de risco fazem parte da rotina da atividade policial. Mas, estamos empreendendo todos nossos esforços para encontrar o delegado Garcez”, disse o secretário.

Armamento
Recentemente, a SSP-AM recebeu 200 fuzis do Governo Federal para atuar com armamento apropriado nas regiões de rota de traficantes, como o rio Solimões. Policiais estão sendo treinados e o armamento está em fase de distribuição às polícias Civil e Militar, e devem reforçar a atuação das polícias nessa região conhecida como rota do tráfico.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso