Artur toma posse como prefeito e mais uma vez promete implantação do BRT

Há quatro anos, o prefeito prometeu 20 terminais e 19 quilômetros de BRT, o que não saiu do papel.
02/01/2017 11h15 - Atualizado em 2/01/2017 11h15

Foto: Reprodução


Artur Neto (PSDB) reeleito prefeito de Manaus, e o vice eleito Marcos Rotta (PMDB) tomaram posse no domingo (1°), e mais uma vez fez as conhecidas promessas, algumas feitas desde a campanha eleitoral de 2012 e não cumpridas até hoje. Uma das promessas que voltou a fazer foi a implantação do BRT (Bus Rapid Transit), relacionada ao trânsito e mobilidade urbana da capital.

Quando ganhou a eleição em 2012, Artur prometeu sinais controlados eletronicamente, 20 terminais de BRT, 19 quilômetros de BRT renovação da frota, oito novos terminais de integração e essas propostas que foram largadas ao leu.

O prefeito promete novamente implantar o BRT, o que não conseguiu nos últimos quatro anos porque perdeu o prazo para apresentação de projetos junto ao Governo Federal, os quais garantiriam a destinação de recursos para a viabilização do projeto.

Fonte: Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso