Chico Preto chama aumento da passagem de ônibus em Manaus de “estelionato eleitoral”

O parlamentou criticou o prefeito, Arthur Neto, que durante a campanha prometeu que não haveria aumento da tarifa.
27/01/2017 15h03 - Atualizado em 28/01/2017 16h46

Foto: reprodução/internet


O vereador Chico Preto (PMN), declarou que o aumento da tarifa do transporte público para R$ 3,30 na manhã desta quinta-feira (26), é classificado por ele como um “estelionato eleitoral”. O parlamentar esteve no anúncio da nova passagem e criticou a atitude.

“O que aconteceu foi um estelionato eleitoral. Durante a campanha se prometeu que não haveria aumento”, questionou Chico Preto.

Outra crítica do vereador para a Prefeitura de Manaus foi que depois de quatros anos, não ter sido feito um levantamento das dívidas e de não ter colocado o assunto em pauta. “Não tomaram uma providência que poderia ter evitado esse aumento no momento delicado da economia?”, indagou.

Para o vereador, o sistema de transporte atual não pode ser considerado “público”, uma vez que, segundo ele, o poder municipal não tem nenhum controle sobre o serviço.

Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso