Defensoria Pública acompanha inspeção em presídio de Parintins

A presença da DPE-AM teve como objetivo assegurar a regularidade do procedimento da inspeção.
20/01/2017 16h43 - Atualizado em 20/01/2017 16h43

Foto: divulgação


A Defensoria Pública do Amazonas (DPE-AM), por meio da unidade de Parintins (a 368 quilômetros de Manaus), acompanhou na manhã desta sexta-feira, 20 de janeiro, uma revista da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) no presídio do município. De acordo com o defensor público Theo Eduardo Moreira da Costa, a presença da DPE-AM teve como objetivo assegurar a regularidade do procedimento da inspeção. Na oportunidade, o defensor conversou com os presos e ouviu demandas de presas grávidas.

“O trabalho realizado pelo capitão Magno, que comandou a tropa de choque da PM, foi de celeridade no processo de revista e de respeito aos direitos dos presos”, afirmou o defensor público, que conversou com os presos antes da revista para explicar o procedimento. O presídio de Parintins conta com 124 presos, dentre os quais dez mulheres.

Segundo o defensor Theo Eduardo, das dez presas, cinco estão grávidas. “Solicitei ao diretor do presídio a relação de mulheres grávidas para analisar o processo de cada uma delas e verificar se há eventual cabimento de prisão domiciliar”, informou.

A visita aos presídios e acompanhamento de execução de pena, explicou o defensor público, faz parte da missão da Defensoria Pública para garantir o que prevê a Lei de Execução Penal.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso