Detector de explosivos será usado dentro de presídios do AM

As Forças Armadas irão entrar nos presídios para fazer inspeções de rotina e buscar materiais proibidos.
19/01/2017 15h48 - Atualizado em 19/01/2017 18h31
Foto: divulgação

Um aparelho de uso militar usado na detecção de minas explosivas será utilizado pelo Exército nos procedimentos de revista nos presídios do Amazonas. Nesta quinta-feira (19), homens do Comando Militar da Amazônia (CMA) realizaram uma demonstração dos equipamentos que devem ser empregados nas vistorias penitenciárias.

O detector de minas ‘F3L’ já foi usado em revista em setembro de 2015. Após o Governo do Amazonas solicitar o apoio de militares dentro das unidades prisionais, o CMA iniciou um novo teste do equipamento, que consegue detectar objetos metálicos, com facas e armas, em situações de gelo, concreto e até debaixo d’água.

De acordo com o porta-voz do governo federal, Alexandre Parola, as Forças Armadas irão entrar nos presídios para fazer inspeções de rotina e buscar materiais proibidos.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso