Eleitos pela primeira vez, Carlos Portta e Diego Afonso tiveram contas reprovadas pelo TRE-AM

O ‘veterano’ Reizo Castelo Branco também teve as contas de campanha reprovadas.
02/01/2017 11h39 - Atualizado em 2/01/2017 11h42

Foto: Reprodução


O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) reprovou a prestação de contas de campanha de 30 dos 41 vereadores eleitos, além de ter reprovado três contas e aprovado 27 com ressalvas. Muitos desses parlamentares cumprirão o primeiro mandato e já apresentaram problemas com a Justiça Eleitoral. É o caso dos vereadores Diego Afonso e Carlos Portta.

No total 73% dos vereadores tiveram suas contas de campanhas reprovadas pelo órgão eleitoral. Outro que teve as contas reprovada é o veterano Reizo Castelo Branco que segue para o seu terceiro mandato como vereador.

O resultado é decisão de primeira instância, que ainda cabe recurso dos parlamentares. O problema maior foi a desobediência à norma que obriga a prestação parcial do dinheiro recebido na campanha pelos vereadores.

Fonte: Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso