Eu já vi isso antes!

09/01/2017 16h44 - Atualizado em 9/01/2017 16h44
Foto: divulgação

Moa foi um dos assassinados na última rebelião. Alguém lembra qual o motivo da prisão dele? Eu lembro.
Moa foi acusado de participar de uma quadrilha que cometia homicídios e atos de vandalismo para aterrorizar as pessoas e assim desestabilizar a estrutura de segurança pública.

Há graves e antigos problemas na questão penitenciária, claro que há equívocos e até desvios na conduta de agentes públicos, mas não podemos ignorar que há também uma ação orquestradas para fragilizar o atual Secretário de Segurança, Dr. Sérgio Fontes, e oportunistas de toda ordem tentando explorar politicamente os terríveis episódios.

O secretário Sérgio Fontes é um homem de bem, delegado federal com uma carreira irretocável, há tempos implacável no combate ao tráfico e ao crime organizado e é claro que a presença de alguém com esse perfil a frente da Secretaria de Segurança incomoda muita gente.

Não pode ser coincidência que circulem boatos de demissão e mensagens forjadas atacando a PM atribuídas ao secretário, logo depois as rebeliões e uma tentativa irresponsável de espalhar o terror e criar um clima de pânico pelas redes sociais.

A bandidagem não pode vencer essa luta contra um homem de bem que vem combatendo firmemente o tráfico no nosso Estado.

Se existem erros na política de segurança e penitenciária, certamente existem, esses não podem ser enfrentados por pressão de presos e nem de facções.

É preciso, por um lado, uma ação enérgica para acabar com esse clima de terror nas cadeias e também para identificar e punir os que se aproveitam disso para tentar transportar esse clima para a vida dos cidadãos. Por outro lado, é preciso valorizar a presença de um homem de bem e experiente na tarefa de combater o tráfico e o crime organizado à frente da Secretaria de Segurança.

O crime e os agentes do crime reagem a firmeza do Dr. Sergio e os oportunistas políticos de plantão tentam usar algo que deve ser combativo com firmeza, serenidade e com a união das instituições, para se beneficiarem política e eleitoralmente, numa atitude covarde com os cidadãos e com o Estado.

A pergunta é: a quem serve essa tentativa de derrubar um secretário? A quem serve a potencialização desse clima de ferros na cidade?

Não vamos permitir que o crime vença mais uma vez.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505