Prefeitura prepara cronograma 2017 para capacitar 10,2 mil servidores, agentes e bolsistas

Entre as novidades, estão cursos ligados à área da mobilidade urbana.
30/01/2017 15h25 - Atualizado em 30/01/2017 15h25

Foto: reprodução


A Prefeitura de Manaus calcula capacitar, este ano, mais de dez mil servidores municipais, agentes públicos e políticos e estudantes vinculados aos programas Bolsa Universidade (PBU), Idiomas (PBI) e Pós-Graduação (PBPG).

A meta faz parte do planejamento da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), órgão da Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad). A Escola está em fase de fechamento do Catálogo de Cursos para 2017.

Do total de 10.232 capacitados previstos para o ano, a maior parte será realizada em cursos presenciais, com 6.050 vagas gratuitas. Nas metas deste ano, também serão abertas 2.822 vagas para servidores e bolsistas em cursos na modalidade de Educação a Distância (EaD) e outras 1.360 para agentes públicos e políticos.

Novos cursos
Anualmente, a Espi realiza o Levantamento das Necessidades de Capacitação (LNC) para elaborar cursos a partir das demandas apontadas por todas as secretarias, órgãos e fundações ligadas à administração municipal. Para este, contudo, foram criados novos cursos buscando atender as novas metas da gestão.

Entre as novidades, estão cursos ligados à área da mobilidade urbana. Os servidores serão capacitados em Noções de Transportes e Mobilidade e Gestão Estratégica de Transportes e Distribuição. As cargas horárias são de 12 e 15 horas, respectivamente.

Um dos destaques da própria Espi nos últimos quatro anos, o trabalho de gestão sob a perspectiva de Planejamento Estratégico será levado a outras secretarias este ano. Há a previsão de um curso na área, com carga horária de 21 horas, para abril.

Comunicação, linguagem e saúde
Outra novidade para este ano são os cursos voltados à área da comunicação e linguagem, como Gestão de Comunicação, Fotojornalismo, Oratória e Redes Sociais. Há, ainda, outros 13 cursos no Programa de Planejamento Orçamentário e 26 distribuídos em Gestão de Pessoas.

A maior novidade este ano, contudo, fica para a construção de um Programa de Saúde, voltado a agentes de Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), agentes, enfermeiros e fiscais de vigilância sanitária. São onze cursos previstos exclusivamente para servidores que atuam no sistema de saúde do Município.

“A Prefeitura de Manaus está atenta às necessidades de formação profissional dos servidores, buscando conciliar as necessidades de capacitação continuada com as obrigações e desafios da gestão pública. Por isso, este ano teremos cursos específicos, elaborados a partir do diálogo construído pela Espi com as demais pastas municipais”, afirma a diretora-geral da Espi, Fabiana Lucena Oliveira.

O Catálogo de Cursos 2017 da Espi será oficialmente lançado na primeira metade do mês de março e distribuído a todas as secretarias.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso