Sete detentos são identificados como responsáveis pelos assassinatos de presos no Compaj

Os detentos serão ouvidos nos próximos dias.
04/01/2017 11h15 - Atualizado em 4/01/2017 11h24

Foto: Reprodução


A Polícia Civil identificou sete detentos envolvidos diretamente no assassinato dos 56 presidiários do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) no último domingo (1).

De acordo com a polícia ainda não tem como se confirmar que somente eles participaram ou que eram os líderes, mas sim que estão ligados diretamente aos assassinatos. A Polícia Civil ainda está fazendo as investigações. A Polícia ouviu algumas testemunhas como presidiários, reféns, agentes penitenciários e outros. Os suspeitos devem ser interrogados em breve.

Fonte: Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso