Wilker Barreto cria novos cargos e reduz salários de diretores da CMM

Segundo Wilker, a engenharia administrativa permite que se tenha mais servidores na Casa sem aumentar o impacto na folha.
03/01/2017 15h50 - Atualizado em 3/01/2017 15h50
Foto: divulgação

Reeleito para mais dois anos, o presidente da CMM, Wilker Barreto (PHS), criou 45 novos cargos que representarão no fim do mês R$ 197,5 mil a mais na folha da Casa. Wilker afirmou que ao criar esses cargos, extinguiu outros de salários mais altos, e reduziu salários de diretores de R$ 16 mil para R$ 15 mil.

São 40 cargos de assessor legislativo, com salário de R$ 3.078,00; um de Diretor Geral (R$ 16.078,00); um de Diretor de Recursos Humanos (R$ 15.078,00); um de Secretário Executivo da Presidência, um de Secretário Executivo da Diretoria Geral (R$ 15.078,00, cada); e um de Contador, com salário de R$ 10.078,00.

Segundo Wilker, a engenharia administrativa permite que se tenha mais servidores na Casa sem aumentar o impacto na folha. “Com o salário que pagava para seis, consigo pagar 30 agora. Usei o princípio da eficiência”, declarou o presidente da CMM.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso