Bazar Colaborativo, é opção para quem quer gastar pouco e levar muito

O evento acontece neste sábado (25), de 9h ás 17h na avenida Mário Ypiranga, 1097.
24/02/2017 12h05 - Atualizado em 24/02/2017 12h05
Foto: Divulgação

Quem gosta de garimpar roupas e itens diversos em bom estado de conservação com aquele ‘precinho camarada’, já pode marcar presença na primeira edição do Bazar Colaborativo Manjari. Em tempos de crise, o evento, que acontece neste sábado (25), a partir das 9h, na avenida Mário Ypiranga, 1097, é uma boa alternativa para quem levar muito e gastar pouco.

Segundo um dos organizadores do bazar, Wallace Modesto, o público poderá encontrar peças de vestuário masculinas e femininas, inclusive de marcas conhecidas, nos valores de R$ 5 a R$ 40, além de hambúrguer artesanal no valor de R$ 4, tatuagem no estilo Flash Day de até R$ 200, produtos eróticos a partir de R$ 15 e até mesmo consultas de Tarot.

“Quem vier também vai aproveitar música ao vivo, graffiti e artesanato, como os quadros artísticos feitos com linhas, dreadlocks a partir de R$ 15, sem esquecer, é claro, dos livros, CD’s e vinis com aquele preço de brechó”, adianta Modesto.

A iniciativa do bazar surgiu da necessidade do casal Karine Pantoja e Wallace Modesto ‘desapegar’ de algumas peças de roupa e sapatos. Após o projeto ser idealizado, e a convite do casal, vários amigos aderiram à proposta de se desfazer de itens e levantar uma ‘grana’ extra.

“O momento também é de empatia, estamos enfrentando momentos complicados e já que temos itens e produtos que podemos pôr à venda, por um preço bem em conta, resolvemos nos empenhar “, conta Wallace.

Doações

O organizador enfatiza ainda que durante a coleta dos artigos na casa de amigos, várias peças de roupas foram separadas para ter um destino solidário. Segundo Modesto, as peças serão doadas para as pessoas afetadas pelas chuvas em áreas de risco.

“Recolhemos muitas roupas, sapatos, bolsas e já estamos nos organizando para depois do bazar, realizarmos estas entregas. É uma preocupação social que tivemos, então vamos ajudar também aqueles que têm passado por momentos difíceis por conta das chuvas”, afirmou.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso