BR-319: O preço do descaso

01/02/2017 15h07 - Atualizado em 1/02/2017 15h07
Foto: reprodução/internet

O envolvimento direto do Exército Brasileiro na recuperação da BR-319, anunciado pelo Governo do Estado no começo desta semana, renova nossas esperanças de finalmente termos nossa rodovia trafegável em toda sua extensão.

Está claro que o imbróglio que retardou o progresso econômico do Estado, por meio do modal rodoviário durante os últimos 40 anos, é político e já perdurou por um longo período. Espaço de tempo que não significa apenas um atraso econômico, mas, a desconstrução dos sonhos de incontáveis famílias, que escolheram os municípios no entorno da BR-319 para viver.

Em tempos de crise, onde nosso principal modelo econômico sofre com as dificuldades para manter postos de trabalho, já que é penalizado pelos altos custos no transporte de insumos, manter o Amazonas isolado dos demais Estados da Federação, é uma afronta à população amazonense.

Nos últimos dias as redes sociais receberam enxurradas de imagem e testemunhos, que mostram os perigos enfrentados por quem precisa trafegar pela rodovia. Situação que remete a população ao mais profundo desrespeito.

Quero acreditar que as medidas que devem ser anunciadas pelo Governo Federal, nos próximos meses, assim como foi falado pelo governador José Melo aos jornais locais, de fato contemplem o nosso Estado, sob pena de testemunharmos tragédias, com vidas sendo ceifadas.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505