Deputado afirma que Prefeitura de Manaus não soluciona nem os problemas básicos

O parlamentar acentuou que até hoje a população padece com os mais dois mil bueiros destapados e ônibus velhos com tarifa cara, reajustada para R$ 3,30.
08/02/2017 16h14 - Atualizado em 9/02/2017 09h16
Foto: divulgação

Durante a Sessão Plenária da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) desta terça-feira (7), o deputado estadual José Ricardo Wendling (PT) criticou a falta de competência da Prefeitura de Manaus para resolver mesmo serviços básicos como saneamento básico e transporte público. O parlamentar acentuou que até hoje a população padece com os mais dois mil bueiros destapados e ônibus velhos com tarifa cara, reajustada para R$ 3,30.

“Em 2016, ingressei com uma representação no Ministério Público do Estado, juntamente, com o então, vereador Bibiano (PT), denunciando o descaso da Prefeitura com os bueiros destampados, um perigo que já resultou na morte de três crianças. E quantas outras vão precisar arriscar a vida por conta da incompetência do poder público?”, disse ele.

José Ricardo ressaltou que em março deste ano termina o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) proposto pelo MP-AM e assinado pela Seminf, mas não se vê nenhum trabalho do prefeito na cidade para solucionar este sério problema. “É uma total insensibilidade e um desrespeito do prefeito em relação ao clamor do cidadão, que pede algo simples, uma intervenção na infraestrutura básica”, expôs.

O sucateamento do transporte público é outro problema que se estende por várias gestões, sem uma atitude que favoreça o usuário do serviço afirmou o parlamentar. “Estive na manifestação da juventude que ocorreu na sexta-feira (3) contra o aumento da tarifa. Um reajuste abusivo e fora da realidade daquilo que é oferecido à população. Mas parece que o prefeito sempre cede ao apelo dos empresários do transporte”, frisou ele, que já apresentou um requerimento solicitando a realização de Audiência Pública para discutir com a sociedade, a prefeitura e o empresariado sobre os incentivos fiscais milionários concedidos a estes, a planilha de custo e a transparência.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso