Professor de Coari que aliciava a enteada e a própria filha é preso pela segunda vez

O professor foi preso na casa de um irmão e conduzido para a unidade prisional do município de Coari.
01/02/2017 17h10 - Atualizado em 2/02/2017 09h35
Foto: divulgação

Policiais civis de Coari prenderam, pela segunda vez manhã desta quarta-feira (1º), um professor de 52 anos denunciado por pedofilia.

Ele estava em liberdade provisória, porém, o promotor de Justiça Flávio Mota entrou com recurso no TJ-AM contra a decisão, que foi autorizada pelo desembargador Sabino Marques, da 1º Câmara Criminal. Na segunda prisão o professor estava na casa de um irmão e conduzido para a unidade prisional do município de Coari.

O homem foi preso em flagrante no dia 16 de janeiro deste ano, por estar portando um pen drive contendo 45 vídeos e fotografias da enteada dele, uma adolescente de 15 anos, e da própria filha.

Em um dos registros o professor encosta o pênis na boca da enteada no momento em que ela dormia. Ao descobrir o conteúdo pornográfico a mãe das vítimas procurou a polícia para denunciar o companheiro.

Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso