Rede municipal conta com mais duas escolas de Educação Integral

Com as novas unidades, a Semed passa a ter seis escolas de Educação Integral.
21/02/2017 14h54 - Atualizado em 21/02/2017 14h54
Foto: Divulgação

A rede municipal passa a contar com duas novas escolas de Educação Integral, sendo a primeira da modalidade na zona rural de Manaus. Na manhã desta terça-feira, 21, gestores e profissionais das Escolas Municipais Padre Calleri, localizada no quilômetro 13 da BR 174, e Sérgio Alfredo Pessoa, no bairro Presidente Vargas, zona Sul da cidade, participaram de uma reunião com o grupo de trabalho da secretaria que trata do assunto. Com as novas unidades, a Semed passa a ter seis escolas de Educação Integral.

Além das duas unidades, participaram do encontro os gestores das Escolas Municipais Waldir Garcia e Maria das Graças Vasconcelos e dos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) Graciliano Ramos e Hermann Gmeiner, que já trabalham com a Educação Integral desde 2016, além de técnicos de vários departamentos da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e representante da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e da Organização da Sociedade Civil/Coletiva Escola Família Amazonas (CEFA).

A diretora do Departamento de Gestão Educacional (Dege) da Semed, Marcionília Bessa, explicou que o trabalho do grupo é ouvir, acompanhar, analisar e orientar as escolas que estão dando início ao projeto de Educação Integral.

“Foi um momento de escuta, onde nós ouvimos as escolas inseridas esse ano. Tivemos a oportunidade de ouvir dúvidas das gestoras e suas ansiedades, para que nós possamos encaminhar as orientações adequadas. O grupo se reúne para discutir, dar encaminhamento, esclarecimento e tomar providência para que as escolas funcionem da melhor maneira possível”, explicou.

A principal característica desta modalidade é o aluno como protagonista do saber e uma escola democrática onde todos têm voz. A escola integral tem cinco pilares de aprendizagem: cultural, cognitivo, socioambiental, físico e emocional.

Localizada na zona Rural de Manaus, a Escola Municipal Padre Calleri, conta com 110 alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e que agora fazem parte da Educação Integral. Segundo a diretora Cintya Maria Lima de Moraes, o novo modelo de ensino vai facilitar a vida dos alunos, que poderão desenvolver outras atividades em um mesmo local.

“Para nós é uma satisfação muito grande ser a primeira escola da zona Rural a aderir ao projeto de Educação Integral, até porque nossa escola a cada ano está crescendo nos índices de Educação Básica (Ideb), que foi de 5,2, em 2015 e queremos alcançar 6,2 este ano. Com a Educação Integral, a tendência é crescer cada vez mais a qualidade de ensino no município de Manaus”, analisou.

Com um total de 297 alunos, sendo aproximadamente 200 estudantes beneficiados com a Educação Integral, a diretora Regeane Chaves, da Escola Municipal Sérgio Alfredo Pessoa de Figueiredo, bairro Presidente Vargas, se diz satisfeita com a inclusão de sua unidade no projeto.

“Nós temos muito mais tempo com o aluno, o que faz toda diferença, porque o professor pode se dedicar mais. Os alunos podem se alimentar bem, descansar, ter uma rotina, deixar de ficar nas ruas e estudar mais, fazer também outras atividades. Tudo isso é positivo e dará bons resultados”, acredita.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso